No Brasil, Márquez não se abala com início ruim e projeta recuperação

O piloto espanhol Marc Márquez, tricampeão do Mundial de Motovelocidade pela equipe Repsol Honda Team, participou de uma coletiva com jornalistas especializados nesta terça-feira (11), em São Paulo (SP). Três dias após quebrar o recorde de pole positions do MotoGP, quando largou em primeiro lugar pela 66ª vez na carreira, o espanhol não se abalou com início ruim na Temporada 2017 do MotoGP e revelou que pretende iniciar a reação em busca do sexto título mundial a partir do GP das Américas, que acontece no próximo dia 23, nos Estados Unidos.

“Estou contente por estar mais uma vez no Brasil. Ano passado cheguei mais alegre, por ter vencido a corrida da Argentina, e desta vez eu caí. Mas está tudo bem, vamos trabalhar para me recuperar no campeonato”, afirmou o espanhol, que novamente manifestou o desejo de correr no Brasil. “Gostaria muito que tivesse um grande prêmio por aqui”, declarou.

Nas duas corridas realizadas em 2017, Márquez ficou em quarto lugar no Catar e abandonou a etapa da Argentina do MotoGP após queda. O ‘Formiga Atômica’ largou na pole e liderava a prova com muita vantagem até o acidente.

Em São Paulo, o piloto falou de vários assuntos relacionados a sua carreira, desde o início na 125cc (em 2008), passando pela Moto2 (2011 e 2012), a chegada na categoria principal (MotoGP, em 2013) até os dias atuais.

“Depois das duas primeiras corridas da temporada estou em oitavo lugar. Tentarei seguir melhorando e em busca da primeira vitória deste ano. Na carreira esportiva há momentos bons e momentos ruins. Vou continuar a trabalhar em conjunto com a Honda para aprimorar cada vez mais a moto”, disse o campeão.

Fotos: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br