MotoGP: Valentino Rossi tem corrida de superação na Espanha

Durante o último fim de semana foi disputado o Grande Prêmio de MotoGP em Aragón, na Espanha. Para o italiano Valentino Rossi foi uma corrida de superação. Frente a especulações que o apontavam como carta fora do baralho na temporada 2017 – em função de seu acidente sofrido enquanto treinava off-road nos arredores de sua cidade natal – o piloto da Yamaha mais uma vez surpreendeu, não só na pilotagem, como na força de vontade e superação.

Ainda em processo de recuperação por conta da fratura dos ossos da perna, Rossi se submeteu a testes médicos do MotoGP. Tudo para que o piloto, a princípio, recebesse a permissão para apenas participar da 14ª etapa da temporada, correndo o risco inclusive de sequer completar os treinos livres. Contudo, apesar de debilitado, Rossi foi além e conquistou o terceiro lugar no grid de largada. Maverick Viñales, seu companheiro de equipe, não fez por menos, e faturou a pole!

Após uma boa largada para ambos, Vinãles sustentou a segunda posição, mas não por muito tempo. Rossi o ultrapassou, trazendo consigo Andrea Dovizioso e Marc Marquez. O espanhol da Equipe Movistar Yamaha MotoGP voltaria a desenvolver um bom ritmo após a terceira volta da corrida; Foi quando ele tirou a diferença existente entre ele os rivais a sua frente. Nas seis voltas finais, tomou o quinto lugar de Dovizioso e logo depois assumiu o quarto lugar de Rossi... Mas não sem a resistência do The Doctor, que apesar de lesionado, não entregou com facilidade a sua posição.



A disputa entre os dois pilotos oficiais da Yamaha levou os fãs da marca ao delírio. A três voltas do final, Viñales enfim conseguiu passar o nove vezes Campeão do Mundo, mas sua diferença para o top-3 da corrida era grande demais para ele pudesse ultrapassá-los. Dessa forma, Vinãles cruzou a linha de chegada em quarto lugar, a 5,255 segundos do primeiro.

Para Rossi o fim de semana superou as espectativas. Ele cruzou a linha de chegada em quinto, mas frente torcida que o ovacionou em seu dolorido regresso ao MotoGP pós acidente, a impressão que se teve é de que ele foi o grande vitorioso. Apesar da difícil largada, Rossi manteve o terceiro lugar no início da prova. Ao perceber as intenções de Jorge Lorenzo em tentar se distanciar o máximo possível, o piloto italiano não perdeu tempo e passou seu colega de equipe. Neste momento ele estabeleceu a volta mais rápida até então, – com 1'49.334s –, logo acabando com o espaço que havia entre ele e o líder.

Apesar da lesão na perna, Rossi imprimiu um forte ritmo, chegando a ameaçar a liderança de Jorge Lorenzo. Contudo, a 11 voltas do final, a fadiga fez com que o piloto do número 46 perdesse o ritmo, permitindo que Marquez e Dani Pedrosa o passassem. Rossi bem que lutou firme com seu companheiro de equipe pela quarta posição, mas levou a bandeira quadriculada no quinto lugar, a 5.882s da frente.o vencedor.

Estou bastante orgulhoso, porque há uma semana eu não sabia se eu poderia correr. Conseguir largar na primeira fila já foi ótimo, fiquei muito feliz. Eu sabia que ia sofrer na segunda metade da corrida. Tive um pouco de dor e também sofri com a degradação do pneu. O trabalho continua após essa corrida. O calendário será bom para mim, tenho duas semanas completas para treinar e melhorar a condição da minha perna. Depois disso, teremos o GP de Motegi, que será muito importante, e três corridas seguidas. Isso será muito difícil para a minha perna, então eu quero tentar chegar em Motegi - talvez não em 100% -, mas ainda mais combativo”.

Com o resultado do fim de semana, Viñales permanece em terceiro lugar no campeonato com 196 pontos, a 28 do topo da classificação. Apesar de seu heróico retorno, Rossi caiu uma posição, ficando agora em quinto no ranking, com 168 pontos. No Campeonato de Construtores, a Yamaha está em segundo lugar com uma margem de 17 pontos para o primeiro, enquanto a Movistar Yamaha MotoGP Team precisará de 30 pontos para a liderança do Campeonato de Equipes.

Em três semana a Yamaha Factory Racing Team viajará para a Ásia para disputar a 15ª etapa da temporada 2017 do MotoGP, no Motul Grand Prix do Japão, que acontecerá no circuíto de Twin Ring Motegi.

Quer vender sua moto? Anuncie no MOTO.com.br!

Fotos: Divulgação/Yamaha MotoGP



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br