WSBK: Japonês lidera teste marcado por acidente

Troy Bayliss fraturou a clavícula após uma queda no circuito de Phillip Island.

Por Leandro Alvares

Yukio Kagayama foi o mais rápido nesta quinta-feira no terceiro e último dia de testes coletivos do Mundial de Superbike em Phillip Island, na Austrália.

O bom desempenho do japonês da Suzuki, no entanto, tornou-se um assunto secundário no circuito em função do acidente sofrido por Troy Bayliss.

A queda nem foi tão grave, ainda bem, mas suficiente para fraturar a clavícula do piloto australiano, que perdeu o controle de sua Ducati ao fazer uma ultrapassagem sobre o francês Regis Laconi.

Segundo os primeiros diagnósticos, a recuperação do corredor levará cerca de 21 dias, tempo o bastante para Bayliss não perder a abertura da temporada 2008, agendada para 23 de fevereiro no Catar. Contudo, a preparação para o Mundial não será tão eficaz como Troy imaginava.

Apesar do acidente, Bayliss conseguiu o segundo melhor tempo da sessão — vale lembrar que ele liderou os dois ensaios anteriores. Max Biaggi, em fase de adaptação ao modelo 1098R da Sterilgarda Ducati, foi o oitavo colocado.

Tempos da quinta-feira:
1) Yukio Kagayama (JAP/Suzuki), 1min32s1
2) Troy Bayliss (AUS/Ducati), 1min32s2
3) Michel Fabrizio (ITA/Ducati), 1min32s3
4) Ruben Xaus (ESP/Ducati), 1min32s3
5) Fonsi Nieto (ESP/Suzuki), 1min32s3
6) Noriyuki Haga (JAP/Yamaha), 1min32s4
7) Troy Corser (AUS/Yamaha), 1min32s7
8) Max Biaggi (ITA/Ducati), 1min32s8
9) Regis Laconi (FRA/Kawasaki), 1min33s0
10) Makoto Tamada (JAP/Kawasaki), 1min33s4
11) Max Neukirchner (ALE/Suzuki), 1min35s5

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br