WSBK de volta ao circuito de Ímola

O traçado italiano volta a receber o mundial de superbike após três anos de ausência.

Por Roberto Brandão

O campeonato mundial de Superbike volta à Ímola, local de várias brigas por títulos, pela primeira vez desde 2006 neste fim de semana.

A final da temporada de 2002 em Ímola foi uma das mais espetaculares disputas entre dois campeões mundiais, Colin Edwards e Troy Bayliss, que acabou em favor do americano. Em 2006, Bayliss venceu na Itália e foi á caminho do título.

O WSBK volta ao circuito para a décima segunda rodada da temporada de 2009, e encontra o circuito com algumas modificações no setor de Rivazza até a reta dos Box, após uma contrução de uma nova chicane.

No total, onze provas foram efetuadas em Ímola, e a lista de vencedores incluem Ruben Xaus e Regis Lacone, com três vitórias cada, Edward, com duas, e uma para Chris Vermeulen, Alexandre Barros e Troy Bayliss.

Nas fabricantes, a Ducati lidera a lista com seis vitórias, seguida pela Honda com quatroe e depois a Aprilia com somente um triunfo.

Mas este ano, a Yamaha tem excelentes chances de adicionar seu nome nessa lista, com a estrela Ben Spies chegando á Ímola com 12 vitórias em 22 corridas até agora e tendo finalmente tomado a liderança do campeonato de Noriyuki Haga na última etapa na Alemanha, ficando 18 pontos na frente.

Haga, que finalizou as primeiras nove corridas da temporada em primeiro e segundo lugar, está agora há dez corridas sem vencer devido ás lesões sofridas durante a etapa de Donington Park. O japonês fará de tudo para prevenir que o texano fuja de sua vista.

Infelizmente para o piloto da Ducati Xerox, ele perdeu os testes feitos em Julho no circuito de Ímola, mas provavelmente contará com a ajuda de seu companheiro de equipe Michel Fabrizio.

O italiano andou muito bem nos testes de julho, mas com uma diferença de 75 pontos para Spies sabe que será escalado para dar uma ajudinha para seu companheiro na briga pelo título.

A equipe Hannspree Ten Kate Honda pode ter um importante papel nesta corrida e na briga pelo título, após ficar mais competitiva nas últimas etapas. O novato Jonatahn Rea e o espanhol Carlos Checa conseguiram juntos cinco pódios nas últimas quatro corridas, incluindo um segundo lugar de Rea na Alemanha.

Leon Haslam era o melhor piloto da Honda no começo do ano e mais uma vez brigou por um lugar no pódio em Nurburgring, mas terminou as baterias na sexta e na quinta colocações.

O piloto que conquistou mais pontos nas últimas quatro corridas, fora Spies, é o piloto da Aprilia Max Biaggi, com um primeiro, segundo, quinto e quarto lugares. A dupla italiana quer fazer uma ótima corrida em sua casa para recompensar os fracos resultados em Monza e Misano.

Enquanto isso, os rumores de que Biaggi terá um conterrâneo como companheiro de equipe neste fim de semana, o campeão da 250GP Marco Simoncelli, foram confirmados. Simoncelli fará sua estréia no WSBK no lugar de Shinya Nakano, que está lesionado.

A nova motocicleta da BMW está conseguindo entrar no ritmo, com o piloto Troy Corser marcando seu melhor resultado em Brno, quinto lugar, e a sexta colocação na Alemanha. Ímola pode marcar a volta de seu companheiro de equipe, Ruben Xaus, que fraturou a perna na República Checa. A participação do espanhol será decidida de última hora.

A Suzuki Alstare ficará, novamente, sem seu melhor piloto, Max Neukircher, que está lesionado. Quem o substituíra ao lado de Yukio Kagayama será Karl Muggeridge.

O australiano Broc Parkes, da Kawasaki WSRT, quer mostrar um ritmo bem mais forte do que o de Nurburgring. Ele e seu companheiro de equipe, Makoto Tamada, tem como objetivo finalizar entre os dez melhores.

A décima segunda rodada do Campeonato Mundial de Superbike, em Ímola, na Itália, acontecerá neste domingo e será transmitida pelo canal de TV por assinatura BandSpoprts a partir das 7hs da manhã.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br