Vitória categórica de Rossi em Assen

Doutor deu show de pilotagem na etapa holandesa da MotoGP, após largar em 11º.

Por Leandro Alvares

Valentino Rossi acrescentou neste sábado à sua carreira mais uma atuação genial em corrida, que lhe garantiu a vitória de número 87 na MotoGP, após largar da 11ª posição. Venceu de forma categórica a nona etapa da temporada, disputada em Assen, na Holanda.

Depois de decepcionar na pista molhada do treino de classificação, o italiano da Fiat Yamaha partiu com muita garra para a prova, realizada com piso seco. Em quatro voltas já era o quinto colocado e partia para cima dos líderes com um ritmo muito forte — volta mais rápida em cima de volta mais rápida.

No sétimo giro, o heptacampeão do mundo assumiu a terceira posição, ficando então somente atrás da Suzuki de John Hopkins e da Ducati de Casey Stoner, que disparou na liderança desde a largada. Tão logo superou o piloto norte-americano, tratou de incomodar o australiano e líder do campeonato.

Dali para frente, até a passagem 23, os dois grandes astros do momento travaram um duelo acirrado, repetindo uma cena já vista outras vezes neste ano. Mas quem levou a melhor desta vez foi o “Doutor”, que retardou a freada da chicane que antecede a reta dos boxes para ultrapassar o rival e seguir em direção à vitória.

Stoner, aparentemente satisfeito com o resultado, não fez frente ao adversário e completou a prova em segundo. Em terceiro, também numa bela etapa de recuperação — partiu em 13º —, chegou o atual campeão da categoria, Nicky Hayden, em seu primeiro pódio de 2007.

Pole-position, Chris Vermeulen teve um sábado para ser esquecido. Não bastasse ter perdido a liderança na largada, acabou atingido pela Kawasaki de Randy de Puniet e foi parar no chão, assim como o corredor francês. Conseguiu voltar para a pista, mas sem qualquer chance de alcançar um bom desfecho. Foi o 16º e último colocado.
 
O brasileiro Alexandre Barros, apesar de 12º no grid, caiu para 17ª na primeira volta, mas foi outro que fez uma corrida de recuperação, garantindo à Pramac d’Antin o sétimo posto. Seu companheiro de equipe, Alex Hofmann, foi o oitavo.
 
Com a vitória, Rossi diminuiu um pouco a diferença que o separa de Stoner na classificação. O placar agora é de 185 a 164 em favor do australiano. Daniel Pedrosa, quarto colocado neste sábado, permanece em terceiro na tabela, com 119. Barros é o oitavo da lista, com 69 tentos.

A décima etapa da temporada será disputada no dia 15 de julho, no circuito alemão de Sachsenring.

Resultado final:
1) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha/M), 26 voltas em 42min37s149
2) Casey Stoner (AUS/Ducati/B), a 1s909
3) Nicky Hayden (EUA/Repsol Honda/M), a 6s077
4) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda/M), a 10s465
5) John Hopkins (EUA/Rizla Suzuki/B), a 13s138
6) Colin Edwards (EUA/Fiat Yamaha/M), a 15s139
7) Alexandre Barros (BRA/Pramac d'Antin/B), a 36s075
8) Alex Hofmann (ALE/Pramac d'Antin/B), a 41s768
9) Anthony West (AUS/Kawasaki Racing/B), a 43s605
10) Marco Melandri (ITA/Gresini Honda/B), a 43s796
11) Carlos Checa (ESP/Honda LCR/M), a 43s826
12) Shinya Nakano (JAP/Konica Minolta Honda/M), a 47s896
13) Makoto Tamada (JAP/Tech 3 Yamaha/D), a 54s068
14) Sylvain Guintoli (FRA/Tech 3 Yamaha/D), a 57s718
15) Kurtis Roberts (EUA/Team Roberts/M), a 1min28s637
16) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki/B), a 1min34s808

Legenda:
B = Bridgestone / D = Dunlop / M = Michelin.

Classificação:
1) Casey Stoner, 185 pontos
2) Valentino Rossi, 164
3) Daniel Pedrosa, 119
4) John Hopkins, 94
5) Chris Vermeulen, 88
6) Marco Melandri, 87
7) Colin Edwards, 75
8) Alexandre Barros, 69
9) Loris Capirossi, 57
10) Nicky Hayden, 57

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br