VERDADES APARECEM NO QATAR

Equipes partem para a segunda corrida do mundial de MotoGP

Por Thiago Fuganti

A pista de Qatar recebe neste fim de semana a segunda etapa da temporada 2006 da MotoGP, categoria que já deu indícios de que o ano promete registrar um dos campeonatos mais disputados da história.

Pela primeira vez em seis anos, o GP em Losail não vai ser disputado com Valentino Rossi na liderança da classificação. Quem chega ao circuito no topo da tabela é Loris Capirossi, da veloz e impressionante Ducati, vencedora da prova de Jerez de La Frontera.

O heptacampeão da Camel Yamaha, depois de um singelo 14º lugar na corrida espanhola, partirá em busca da recuperação no mundial. Nos testes de pré-temporada realizados no Qatar, a moto YZR-M1 se mostrou bastante forte, ao contrário do que foi observado nos ensaios de Jerez, onde ficaram evidentes os problemas de vibração e de pneus do modelo. Resta saber como irá se comportar o equipamento japonês na hora da verdade.

“Quero zerar as más lembranças neste fim de semana”, afirmou o “Doutor”. “Andamos bem aqui nos últimos testes, então não vejo motivos para que o cenário se altere. Ainda temos de acabar com a vibração da moto, mas estamos no caminho e sabemos que nosso conjunto vai forte neste traçado”, destacou Rossi.

Outro nome a ser acompanhado com atenção no domingo será o de Daniel Pedrosa. O bicampeão das 250cc e estreante na MotoGP vem de um segundo lugar e motivado a se fixar entre os principais competidores do certame. “Será uma corrida bastante difícil, porque alguns dos principais pilotos tiveram problemas em Jerez e devem vir com força aqui”, previu.

Ciente de que causou boa impressão na corrida de estréia, Pedrosa aproveitou para alfinetar os concorrentes. “Certamente, eles não vão gostar de me ver andando na frente e farão de tudo para que isso não tenha continuidade”, ironizou o piloto da equipe oficial da Honda.

Além dos corredores de Ducati, Honda e Yamaha, também se espera um bom desempenho dos representantes da Kawasaki, especialmente com o japonês Shinya Nakano, sétimo colocado em Jerez e outro que guiou bem nos treinamento de pré-temporada.

Os primeiros treinos para o GP do Qatar serão realizados já nesta quinta-feira, a partir das 4h (de Brasília). A corrida, com 22 voltas pelos 5380m de extensão do circuito, terá largada às 9h do sábado.


Confira a programação*:

Quinta-feira (06):
3h00 às 3h45: Treino livre 1 das 125cc
4h00 às 5h00: Treino livre 1 da MotoGP
5h15 às 6h15: Treino livre 1 das 250cc
7h15 às 7h45: Classificação 1 das 125cc
8h00 às 9h00: Treino livre 2 da MotoGP
9h15 às 10h00: Classificação 1 das 250cc

Sexta-feira (07):
3h00 às 3h45: Treino livre 2 das 125cc
4h00 às 5h00: Treino livre 3 da MotoGP
5h15 às 6h15: Treino livre 2 das 250cc
7h15 às 7h45: Classificação 2 das 125cc
8h00 às 9h00: Classificação da MotoGP
9h15 às 10h00: Classificação 2 das 250cc

Sábado (08):
3h45 às 4h05: Warm-up 125cc
4h15 às 4h35: Warm-up 250cc
4h45 às 5h05: Warm-up MotoGP
6h00: Largada 125cc
7h15: Largada 250cc
9h00: Largada MotoGP

*Horário de Brasília.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br