Velocidade com consciência ecológica

A empresa americana MotoCzysz construiu a E1pc, uma motocicleta elétrica que atinge 241km/h.

Por Roberto Brandão

Roberto Brandão Filho

Quanto mais ouvimos falar sobre o Grande Prêmio TTXGP que aconteceu na Ilha de Man, no dia 12 de junho, mais crescem as expectativas das motocicletas de emissão zero de poluentes. Uma das motos que mais chamou atenção no evento foi a MotoCzysz E1pc.

A E1pc, ou “Digital Superbike” como é chamada, foi desenvolvida nos Estados Unidos pela empresa MotoCzysz e pesa apenas 195kg, sendo que 125kg deles são as cinco baterias de íon e lítio de cada lado do chassi de fibra de carbono.

Seus três motores elétricos recebem a energia que as dez baterias produzem e geram 115 cavalos de potência. A MotoCzysz E1pc acelera de 0km/h à 192km/h em cerca de oito segundos e alcança uma velocidade máxima de 241km/h com um câmbio de marcha única. Se trocado por um de marchas múltiplas, ela pode superar os 280km/h. A fábrica não divulgou sua autonomia.

O seu painel é composto por um iPhone, que é instalado no centro do guidão. Seu sistema de suspensão leva amortecedores Ohlins, seus freios são da Brembo e as rodas da BST.

Além de ser ecologicamente correta, a moto permite que você configure e atualize as informações do jeito que desejar. Ela pode ter mais aceleração ou uma velocidade final maior, é você quem decide.

Ela não precisa de gasolina, nem de óleo, não tem embreagem e não precisa que esquente o motor. Para alguns, a perda do ritual de aquecer a motocicleta com algumas aceleradas e o barulho lindo de seu motor movido à combustão faz com que o passeio de moto não seja tão prazeroso, mas com certeza, o futuro da motovelocidade está garantido.

Para mais informações sobre a “Digital Superbike”, acessem o site oficial da marca www.motoczysz.com.

E1pc no dinamômetro:

 

E1pc em seu primeiro teste:


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br