Valência: O fim do que já havia acabado!

Giglio Val

Uma corrida na principal categoria até curiosa... bem, no já minguado grid de largada, ficamos torcendo sempre para que ninguém caia, assim temos mais o que ver durante a corrida... Mas desta feita a nossa torcida não ajudou muito...

Largaram!... e meu amigo Alvaro Bautista já na  primeira curva mostra seus grandes dotes de boliche e faz  strike!  Uma rapa geral... Sua roda dianteira se choca com a traseira do Dovi e a única Suzuki vai para o chão arrastando o Rossi, De Puniet e Hayden... Ducati varrida!

Foi acidente de corrida, mas acho que o Bautista se afobou um pouco... é melhor recolher do que ficar chupando o dedo...

Stoner pula na frente, e desaparece... mais ou menos isso ...nem mesmo a produtora o filmava... Tamanha foi sua solidão.

Dani vai em 2º com Dovi querendo mostrar serviço em sua última corrida na Honda, vem espumando atrás do espanhol, mas não demora a passar e praticamente fica em 2º em 90% da corrida... A alguma distância vinha o Texas Ranger Spies, mas não parecia ter forças para chegar...

A corrida parecia definida.

O zelador de maquete, Pedrosa, começou a perder ritmo e foi engolido de uma só vez pela dupla anglo saxônica Spies, Crutchlow ...Aliás, este último fez boa corrida.

Elias, como de costume parecia animado no início, mas vai perdendo ritmo rápido... pelo menos não chegou em último...

E lá na frente? ...Stoner sozinho parecia já se preparar para partir para o abraço... Mas eis que o destino guardou uma surpresa para os apaixonados pelo esporte...

Spies parecia ganhar muito ritmo, aliás, os dianteiros é que perdiam, e Ben vai para cima de Dovi, passa, e neste momento para grande surpresa, Stoner que chegou a andar 9 segs adiante do 2º colocado, aparece já no campo visual do texano, a parcos 3 segs... Parecia ter tido problema, ou uma saída de pista não mostrada pela TV... Não se sabe, mas já não tinha ritmo para Spies, que se aproxima e passa...

Parecia que Spies ia desaparecer adiante na mais improvável da vitórias, quando de fato abre 1 seg do australiano e não mais...

Stoner o persegue de perto pelas 2 últimas voltas, enquanto Dovi ia ficando para trás...

Na entrada da última reta Spies entra para a vitória, a uns 10 metros adiante de Stoner e a Yamaha já comemorava!

E então, Casey no seu mais típico estilo digital em acelerar, dá 5 voltas no acelerador, o motor de sua potentíssima Honda incha, quase decola, e acreditem... passa Spies e cruza a linha de chegada a 15 centésimos adiante... visualmente uns 40 a 50 cms... Barrabazzz!!!!

De qualquer forma , teve japonês contente...os da Honda é claro...

No parque fechado Spies parecia muito decepcionado... uma pena mesmo, mas ficou escandalosa a superioridade da Honda em reta....aliás em quase tudo!

Dovi fechou o podium e comemorou muito ...aliás passou seu colega meio polegar na classificação e terminou a temporada de 2011 em 3º.

Meritos a Nakasuga e Hayes , que como outsiders chegaram em  6º  e 7º respectivamente. E não fizeram besteiras, na úmida pista de Valência.

Como já escrevi antes, gosto do italiano (Dovi), é bom piloto, e não deve nada a Pedrosa em termos de técnica e velocidade...Mas como a espanhola  Repsol é quem paga o leitinho, vai mesmo para a Tech3 em 2012... Acho que ele pode se dar bem, se for apoiado pela equipe ...o que não aconteceu este ano.

Esperamos para 2012 as CRTs etc.... e novos pilotos ...e torcemos por uma Ducati competitiva... (Rossi que o diga...)

Senti muita falta do nosso querido peruca...

Muito bonitas as manifestações de afeto e respeito ... Sic merecia.

Na Moto2, uma corrida muito atípica, emocionante como sempre, sem Marquez que ainda não esta 100% de visão, e com um Pirro saindo na frente, e ganhado terreno a cada volta... O italiano fez uma corridaça, e não cometeu erros...

Outra surpresa foi Yonny Hernandez, que esteve no podium quase toda a corrida, teve problemas, saiu de leve da pista, voltou, atacou e terminou num meritoso 6º.

Aliás, um dos mais improváveis podiums... Pirro, Kallio e Aegerter!!!!

E Bradl?? ...o já campeão até que tentou terminar no podium, mas no primeiro terço da corrida caiu e tchau...

Quem deu um susto foi Takahashi, que levou um chicote, voou e pareceu ter se machucado muito... mas está bem, felizmente.

Iannone, que largou em 25º, chegou em 11º, mas esteve longe de brilhar... aliás não sei o que aconteceu com ele desde o Japão.

DeAngelis, que parecia muito bem no início, também perdeu ritmo e terminou em 12º.

É isso aí pessoal! 2011 já era, hora de descansar, pois 2012 promete muito.

Foi para mim um grande prazer e privilégio haver estado este ano escrevendo neste espaço.

Forte abraço!

Giglio Val, 46 anos, é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (www.gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. É patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que corre o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup e o TNT Superbike no Brasil. Destemido, trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br