Stoner passeia, Rossi cai em Assen

Australiano vence mais uma e Daniel Pedrosa (2º) reassume a liderança da MotoGP.

Por Leandro Alvares

Os ingredientes davam indícios de uma corrida emocionante. No entanto, a receita do GP da Holanda, disputado neste sábado, não saiu como o esperado pela maioria dos fãs.

Casey Stoner garantiu com extrema facilidade a sua terceira vitória no ano, a segunda consecutiva em menos de uma semana. O pole-position da etapa só não esteve na frente nos primeiros metros da prova, quando perdeu a liderança para Daniel Pedrosa.

Com um verdadeiro foguete em mãos, o australiano da Ducati recuperou a dianteira antes mesmo de completarem a primeira volta e seguiu sossegado rumo ao degrau mais alto do pódio.

Pedrosa, ciente de que o segundo lugar era o máximo que poderia levar, tocou o equipamento da Repsol Honda para este resultado, que acabou lhe devolvendo a liderança do torneio.

Colin Edwards, o sortudo do dia, chegou em terceiro graças aos problemas de Nicky Hayden em plena volta final. Foi a melhor corrida do ex-campeão no ano e seria também o seu primeiro pódio nesta temporada. Não foi. Teve de se conformar com o quarto posto.

Mas esperem lá, e Valentino Rossi? Foi o trapalhão do circuito de Assen. Terceiro colocado no grid, o italiano como de costume largou mal e perdeu várias posições. Desta vez, contudo, também acabou perdendo o controle da moto e foi para o chão, levando com ele o francês Randy de Puniet.

Apesar do incidente, o “Doutor” da Fiat Yamaha voltou para a corrida e partiu para a recuperação. Distante dos adversários, conseguiu apenas o 11º lugar, resultado que o fez cair para a vice-liderança do Mundial.

Lá na frente, Casey completava as 26 voltas enfadonhas com mais de 11 segundos de vantagem para o segundo colocado. No pódio, o campeão vibrou como nunca a conquista, que reacendeu suas esperanças de lutar pelo bicampeonato.

Completada a primeira metade do certame, a classificação tem Pedrosa na liderança com 171 pontos, seguido de Rossi (167) e Stoner (142). Jorge Lorenzo, sexto na Holanda, aparece em quarto na tabela, com 114.

Nas categorias de acesso, ao contrário do que se viu na classe suprema, a disputa pela vitória foi bastante acalorada. Gabor Talmacsi faturou as 125cc, enquanto Alvaro Bautista levou a melhor nas 250cc.

A décima etapa da MotoGP será disputada no dia 13 de julho, em Sachsenring, na Alemanha.

Resultado em Assen:
1) Casey Stoner (AUS/Ducati/B), 26 voltas em 42min12s337
2) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda/M), a 11s310
3) Colin Edwards (EUA/Tech 3 Yamaha/M), a 17s125
4) Nicky Hayden (EUA/Repsol Honda/M), a 20s477
5) Andrea Dovizioso (ITA/JiR Team Scot/M), a 27s346
6) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha/M), a 28s608
7) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki/B), a 32s330
8) Shinya Nakano (JAP/Honda Gresini/B), a 34s892
9) James Toseland (ING/Tech 3 Yamaha/M), a 38s566
10) Sylvain Guintoli (FRA/Alice Team/B), a 38s817
11) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha/B), a 46s025
12) Toni Elias (ESP/Alice Team/B), a 48s213
13) Marco Melandri (ITA/Ducati/B), a 59s594

Abandonos:
Randy de Puniet (FRA/LCR Honda/M)
Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini/B)
Anthony West (AUS/Kawasaki Racing/B)

Legendas:
B = Bridgestone / M = Michelin.

Classificação:
1) Daniel Pedrosa 171 pontos
2) Valentino Rossi 167
3) Casey Stoner 142
4) Jorge Lorenzo 114
5) Colin Edwards 98
6) Andrea Dovizioso 79
7) Nicky Hayden 70
8) James Toseland 60
9) Chris Vermeulen 57
10) Shinya Nakano 57
11) Loris Capirossi 51
12) Toni Elias 33
13) John Hopkins 32
14) Marco Melandri 32
15) Alex de Angelis 25
16) Sylvain Guintoli 24
17) Randy De Puniet 22
18) Anthony West 16
19) Ben Spies 2
20) Tadayuki Okada 2

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br