Stefan Bradl sagra-se campeão da Moto2

Stefan Bradl foi finalmente confirmado o Campeão do Mundo da Moto2 de 2011 em Valência, no domingo, conquistando assim o seu primeiro título e tornando-se no primeiro alemão a vencer um Campeonato do Mundo desde Dirk Raudies nas 125cc em 1993.

O piloto da Viessmann Kiefer Racing, que veio para o fim-de-semana com 23 pontos de vantagem sobre Marc Márquez, tornou-se ainda no mais jovem germânico a sagrar-se Campeão do Mundo em virtude da desistência de espanhol no último GP do ano e teve a oportunidade de iniciar as celebrações do título ainda durante a qualificação.

Após isso, durante a tarde, Bradl deu uma coletiva de imprensa onde discutiu o seu feito e começou dizendo: “Tenho de agradecer à minha equipe, patrocinador e à minha família. Creio que todos podem compreender que vou levar algum tempo a interiorizar isto e estou muito, muito contente!”.

Comentando a forma como foi confirmado Campeão, Bradl disse: “Foi um pouco estranho porque normalmente conquista-se o Campeonato num momento particular, como quando se cruza a linha de chegada, e isto foi um pouco diferente, mas não interessa”.

“Julgo que a Alemanha precisava de um Campeão do Mundo e estou muito orgulhoso por ser eu porque penso que passaram 18 anos desde o último Campeão do Mundo alemão”.

Comentando a luta que teve com Márquez nesta fase final da temporada, Brald continuou: “Penso que todos gostaram desta temporada da Moto2. Foi uma luta muito boa com o Marc no final e creio que não houve uma corrida que não tenha sido excitante”.

“É uma pena pelo Marc ter sofrido aquela queda em Sepang e não ter podido correr na Malásia e nem aqui, o que fez com que o Campeonato ficasse decidido no sábado. Tenho de lhe dar os parabéns porque teve uma grande temporada de estréia”, completou o campeão.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br