Spies no lugar de Toseland na MotoGP?

Há boatos de que o líder do WSBK quer mudar para a classe rainha do motociclismo já no ano que vem, na Tech 3.

Por Roberto Brandão

Roberto Brandão Filho

Rolam boatos de que o líder do campeonato Mundial de Superbike, Ben Spies, decidiu não esperar até 2011 para mudar para a MotoGP, e que será companheiro de equipe do também texano, Colin Edwards, na Yamaha Tech 3 já na próxima temporada.

De acordo com o site visordown.com, Spies está muito próximo de fechar um negócio com a fábrica para 2010, mesmo após recentes relatos de que Spies continuaria no WSBK por mais um ano. No dia quatro de setembro, a Yamaha anunciou que o americano já havia assinado uma extensão de seu contrato para mais dois anos, 2010 e 2011.

Já o diretor geral da Yamaha Motor Racing, Lin Jarvis, utiliza palavras mais cuidadosas e não dá uma data certa. “Nós estamos realmente excitados com a perspectiva da chegada de Spies em nosso futuro na MotoGP. O primeiro objetivo dele é levar o primeiro título do WSBK de sua carreira e da Yamaha. Após isso, quando Spies realmente mudar para a MotoGP, nós estaremos prontos para ele, e com todos os ajustes nas novas regulamentações. Criaremos um lugar para ele na equipe satélite da Yamanha”, explicou Jarvis.

Se o americano for para a Tech 3 um ano antes, isso significa que o piloto britâico, James Toseland estará desempregado. A marca já fez uma oferta para Edwards que provavelmente será aceita pelo piloto.

Edwards é o melhor piloto das fábricas satélites, com a sexta posição na tabela do campeonato mundial, enquanto Toseland ocupa o décimo terceiro lugar após uma difícil temporada.

Toseland finalizou sua primeira temporada na classe rainha da motovelocidade na décima primeira posição, e sua melhor colocação em uma prova foi o sexto lugar em 2008 e 2009, por enquanto.

O empresário do inglês, Roger Burnett, já havia declarado que o piloto número 52 tem opções dentro da MotoGP, como a Pramac Ducati e uma possível nova equipe. Contudo, o bicampeão do WSBK tem uma chance de ocupar lugares mais competitivos no Mundial de Superbike.

Spies, que é tricampeão do AMA Superbike e fez sua estréia na MotoGP no ano passado com a Rizla Suzuki, tem 18 pontos de vantagem sobre o piloto da Marlboro Ducati, Noriyuki Haga, com três rodadas e seis corridas para o final da temporada de 2009 do WSBK. 

O ano de 2009, marca também, a primeira vez que o texano completa uma temporada como piloto num campeonato mundial.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br