Será que agora é pra valer?

Diretores tentam viabilizar o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A 1ª etapa pode ser no Rio de Janeiro.

Por André Jordão

A Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) anunciou, o adiamento da etapa de abertura do Novo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A primeira prova seria realizada nos dias 23 e 24 de maio, no Autódromo Internacional de Interlagos (SP).

A chance é de que a etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade passe para os dias 30 e 31 de maio para o Autódromo de Jacarepaguá (RJ).
 
O presidente da Comissão de Motovelocidade e Supermoto da CBM, Carlos Senise, foi o responsável pelo anuncio do adiamento. “Tentamos várias vezes assinar o contrato do autódromo e fizemos vários pedidos de confirmação da data junto à Federação Paulista de Motociclismo (FPM). Como não obtivemos êxito, não restou outra alternativa senão o adiamento da prova”, afirmou.
 
Representantes do Autódromo de Interlagos e da Federação Paulista de Motociclismo não chegaram a um consenso definitivo sobre a realização da prova em São Paulo. “Não esperávamos que isso fosse acontecer, infelizmente não houve o entendimento necessário e agora todos os envolvidos com o motovelocidade nacional saíram prejudicados”, analisou Senise.
 
Ontem, a Comissão de Motovelocidade foi ao Rio de Janeiro se reunir com representantes da Federação de Motociclismo daquele Estado (FMERJ) para negociar os detalhes da prova em Jacarepaguá.
 
Caso haja um acerto definitivo confirmando a prova no Rio, a etapa de abertura do Brasileiro de Motovelocidade será realizada em conjunto com a abertura do Campeonato Carioca da modalidade. “O Coordenador de Motovelocidade da FMERJ, Claudio Bicudo, vem trabalhando intensamente para ressuscitar a modalidade no Rio de Janeiro e esperamos que dê tudo certo dessa vez”, completou Senise.
 
O adiamento da prova surpreendeu bastante à Confederação e deixou os dirigentes da Motovelocidade nacional constrangidos. “É lamentável. A Federação Paulista faltou com o comprometimento necessário junto a CBM. Estamos bastante chateados com essa decisão”, ressaltou Carlos Senise.
 
Entretanto, de acordo com o dirigente, as outras datas do calendário estão confirmadas. Brasília sediará duas etapas da Motovelocidade Nacional em julho e em agosto.
 
 
Calendário:
 
30/5 – Rio de Janeiro/RJ (à confirmar)
5/7 – Brasília/DF
26/7 – Campo Grande/MS
23/8 - Brasília/DF
27/9 – Rio Grande do Sul
18/10 - Paraná
8/11 – Rio de Janeiro/RJ
20/12 – São Paulo/SP


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br