Segundo Rossi, as 990cc eram muito melhores

O octocampeão declarou que a mudança das 990cc para as 800cc foi o maior erro que a MotoGP cometeu nesses últimos 15 anos.

Por Roberto Brandão

Roberto Brandão Filho

Uma das maiores lendas da história do motociclismo mundial, Valentino Rossi, rotulou a decisão de mudar os motores 990cc para 800cc como ‘um dos maiores erros da MotoGP nos últimos 15 anos’.

Numa entrevista com Dennis Noyes, da revista Motociclismo espanhola, o octocampeão, vencedor de títulos nas 500cc dois tempos, 990cc e 800cc quatro tempos declarou:

“A moto de 990cc era arisca e selvagem, mas com um belo motor e muita potência. A 800cc é pior, simplesmente pior, é a mesma motocicleta, mas com menos poder. Eu fiquei decepcionado no começo, agora está melhor, mas a potência das 990cc deixava as coisas muito mais divertidas”, explicou o italiano.

Rossi, então, foi questionado sobre como o “show” da motovelocidade pode ser melhorado para os fãs nas pistas e nas televisões ao redor do mundo, e sua resposta não é fácil de ser lida por aqueles por trás das mudanças.

“Para mim, o espetáculo com as 990cc era o mesmo que com as 500cc. Tinha grande disputas por posições e vários ‘slides’, é isso que o público quer, não? As 990cc saiam de lado na entrada e principalmente na saída das curvas. Já com as 800cc... Acho que as 800cc foi o maior erro que a MotoGP cometeu nos últimos 15 anos. Perdemos grande parte do espetáculo com os avanços eletrônicos”, finalizou o número 46.

A diminuição da capacidade do motor foi imposta para colocar um limite de velocidade máxima, mas acabou resultando em velocidade mais altas nas curvas e maior dependência da parte eletrônica.

Mas para jogar sal na ferida, Daniel Pedrosa marcou, com sua Honda, o recorde de velocidade máxima de todos os tempos. Na primeira sessão de treinos livres para a última etapa, em Misano, o espanhol atingiu 349.3km/h.

Nenhum piloto de fábricas satélites ganhou uma prova com uma motocicleta 800cc e demorou até o Grande Prêmio da Catalunha deste ano para a 800cc ver uma vitória com uma ultrapassagem na última volta.

A mudança foi tanta que até os números dizem isso. Com as 990cc catorze pilotos venceram provas, enquanto com a 800cc cai para a metade, apenas 7 pilotos diferentes triunfaram.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br