SCUDELER NA SUPERBIKES

Tetracampeão correrá com a Honda na nova categoria do Brasileiro de Motovelocidade.

Por Thiago Fuganti

Com quatro títulos consecutivos em sua carreira na categoria Supersport do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, Gilson Scudeler vai buscar novos desafios em 2006. A partir de março, o tetracampeão irá acelerar na competição das Superbikes, a principal novidade do Brasileiro para este ano.

O anúncio da mudança foi feito na última terça-feira pelo piloto, que também revelou o fechamento de um novo acordo: correrá com as motos e os patrocínios da Honda, após cinco anos bem sucedidos com a Kawasaki. “A parceria com a Kawasaki foi muito produtiva, tanto para a marca quanto para a equipe. Nós conquistamos um vice-campeonato e quatro títulos brasileiros. Foi uma fase muito marcante da minha carreira”, reconhece o paulista. “A partir de agora, serão vários novos desafios ao lado da Honda.”

A nova categoria terá na pista motocicletas com motores de mil cilindradas, com 180 cavalos de potência. São máquinas capazes de desenvolver velocidades acima dos 300 km/h nos autódromos brasileiros. Scudeler vai pilotar uma Honda CBR 1000RR, similar à que será utilizada por Alexandre Barros nas 13 rodadas duplas do Mundial de Superbikes, com algumas diferenças básicas de preparação decorrentes dos regulamentos técnicos distintos.

“A Honda, nos últimos anos, conquistou vários títulos mundiais de MotoGP e de Superbikes. Agora, nós pretendemos manter essa seqüência de vitórias aqui no Campeonato Brasileiro. A categoria Superbikes vai ser muito competitiva, o que não vai faltar é trabalho”, previu.

Além da novidade, o Brasileiro de Motovelocidade ainda conta com cinco categorias: 125cc, 250cc, 500cc, Supersport e Sportlight. A temporada 2006, composta por oito etapas, terá início no dia 12 de março, no autódromo de Interlagos, em São Paulo.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br