Scudeler encerra carreira no fim do ano

Multi-campeão de motovelocidade fala em criar categoria de base exemplar no Brasil.

Por Leandro Alvares

Leandro Alvares

Um dos grandes nomes do motociclismo nacional fará neste ano a sua despedida das pistas. Gilson Scudeler, multi-campeão Brasileiro de Motovelocidade, disse em entrevista ao “MOTO.com.br” que pretende encerrar sua carreira vitoriosa de piloto ao término da temporada 2008.

“Cedo ou tarde, esse momento surge na vida de todo competidor. Sinto que a minha hora é essa, pois quero dedicar mais tempo à família e a projetos pessoais”, afirmou o paulista de 41 anos, que tem planos bastante promissores para o esporte a motor sobre duas rodas.

“Estou trabalhando no desenvolvimento de uma categoria de base para a motovelocidade brasileira. Um torneio para motos idênticas, de 150cc, no qual os jovens pilotos terão a mesma estrutura e nenhum custo para competir”, revelou.

“Minha meta é apresentar o projeto ainda neste ano e estrear a competição já em 2009 para tão logo termos novos talentos do país nos principais campeonatos do mundo”, acrescentou Scudeler.

Além desta feliz pretensão, Gilson planeja seguir no controle de seu time, o Team Scud Petrobras. “A paixão pelo motociclismo é imensa, por isso não posso largar tudo de uma vez”, admitiu. “Deixarei de correr no próximo ano, mas continuarei presente em todas as corridas no papel de chefe de equipe”, ressaltou.

Para a temporada de despedida como piloto, Scudeler tem um desejo. “Quero pendurar o capacete da melhor maneira possível, vencendo todas as etapas e marcando todas as pole-positions. Não será nada fácil, mas eu tentarei”, disse o atual hexacampeão da principal categoria do Brasileiro de Motovelocidade, destinada às motos de 1000cc.

Em relação aos prováveis adversários de 2008, Gilson listou três nomes em especial. “Penso que o Pierre Chofard, o Danilo Andric e o Murilo Colatrelli virão com muita força neste ano”, apostou o veterano, vencedor de seis das nove provas disputadas em 2007.

Sobre o futuro do motociclismo nacional, Scudeler fez questão de destacar Otávio Luchini e Eric Granado, os novos representantes do país no exterior. “São dois meninos talentosos, que fazem por merecer o lugar onde estão. Torço muito pelo sucesso de ambos”, afirmou.

A carreira de Scudeler no universo das duas rodas teve início em 1987, com motos de 125 cilindradas. Seis anos mais tarde, já com um currículo vitorioso, o piloto embarcou para a Europa, onde permaneceu por sete anos.

No Velho Continente, Gilson acumulou diversas proezas, como o título de campeão Português nas categorias Supersport e Stocksport, além de conquistas em tradicionais eventos, como a vitória na etapa de Braga do Campeonato Europeu de Superbike, a pole position nas 24 Horas de Montjuic (Espanha), entre outras façanhas.

“Felizmente tive ótimos momentos na motovelocidade, tanto no Brasil como no exterior. Minha única frustração foi ter perdido a chance de disputar o Campeonato Europeu de Superbike em 1996, quando estava em ótima fase da minha carreira”, confessou o corredor, que neste ano também disputará as 8 Horas de Estoril e as 8 Horas de Albacete.

Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, o Mundial de Motovelocidade jamais esteve nos planos do paulista. “Nunca sonhei em correr na MotoGP por ter chegado velho à Europa, com 26 anos. Sempre fui muito realista e meu grande sonho foi disputar o Mundial de Superbike”, declarou.

Desde seu retorno efetivo ao Brasil, Scudeler passou a vencer quase tudo por aqui. A última vez em que não fechou o ano como campeão foi em 2001. De 2002 a 2007 foram seis títulos consecutivos, conta que tem boas chances de ser ampliada em 2008, na última temporada deste astro das pistas.

“Vamos ver como eu me sinto quando parar de correr. Minha decisão já está tomada, mas nada me impede de brincar de vez em quando. Talvez uma corrida aqui, outra ali...só para me divertir um pouco”, finalizou entre risos.

A temporada 2008 do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá início no dia 23 de março, em Interlagos (SP).

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br