SBK Series: 8ª TNT SBK com calor dentro e fora da pista!

Giglio Val

Estive acompanhando “in loco” a 8º etapa do quase emocionante TNT Superbike, em Interlagos, no escaldante domingão (18/12)!! ...Digo quase emocionante, pois já conhecíamos grande parte dos campeões, principalmente da Pró.

O campeonato vem crescendo sem sombra de dúvida, e méritos aos organizadores que vem atraindo mais e mais patrocinadores, e dando retoques importantes ao campeonato que tem tudo para ter a pompa de importantes competições europeias em alguns anos mais. O Brasil precisa ter um campeonato de alto nível, para projetar pilotos do Brasil nas mais altas rodas da velocidade em duas rodas.

Eu estava vendo bombeiros ao meu lado apagando um pequeno princípio de incêndio, junto ao S do Senna, no paddock das motos, quando distraído vi uma moto negra passar pelo S sozinho, o cara não era piloto, e demorou alguns segundos para cair a ficha... Era o Emerson Fittipaldi, que assina sua versão de Kawasaki  ZX 10, e estava sendo homenageado!

Estava particularmente nervoso, pois meu pupilo, Danilo Lewis, saia em 8º, e sabíamos que tinha tudo para tentar beliscar um podium...

Largada!... Andric assume a liderança, com Pretel em 2º, Pedrosa em 3º (o Pedrosa deste campeonato tem bem mais do que 1,5 m de altura)!!! e junto com eles um mar de motos SBK... Todos, em na minha frente passam ilesos e pisando em ovos no S do Senna, e uma vez estando todos na reta oposta, parecia que tudo estava sob controle, sem acidentes...

Minha alegria pessoal durou muito pouco... no final da reta oposta o piloto Diogo Sakaue, exagera na dose, perde a freiada, vem reto e atropela justo quem..?!...Danilo Lewis, o mais bem colocado piloto com uma Kawasaki... (frustração dos diabos!!)

Andric vai abrindo para Pretel, que no segundo terço da corrida começa a encostar, e numa errada do líder, Pretel passa, e ficou a expectativa... Não durou muito e levou o troco, que me pareceu ultrapassagem com bandeira amarela, razão pela qual Andric devolve a liderança, mas logo já assume para não perder mais.

Andric é bom piloto sem dúvida, e se adaptou muito bem a BMW... aliás sua BMW anda muito, e tem muita retomada e reta.

Doca vinha já há alguma distância, mas sem perder contato.

Pedrosa, Paschoalin, Corano, Cerciari e Cachorrão formavam um inquieto 2º pelotão, e prometiam muita disputa até o final... Cada freada de lado na entrada do S de Paschoalin matava todos de susto... “agora ele vai..!!!” ,e não, seguia firme!

Aliás, é muito bonito de ver esse estilo supermoto do Rafael Paschoalin, mas tecnicamente acho que ele perde algum tempo, e é visível como os outros pilotos se aproximavam na primeira perna do S.

É de se ressaltar também interessantes disputas no 3º pelotão onde estava Pelosini e Bruno Silva. O nível de condução e competitividade dos pelotões intermediários também vem subindo a cada prova.

As BMW brilharam este ano!! As Suzuki nem tanto, as Honda sobrevivem bem, e as Kawasaki querem voltar com força... Excelente moto! (...se tivesse um pouquinho mais de retomada seria melhor, mas tem boa velocidade de reta).

Um grid lotado, 40 motos, com 48 inscritas... É a consolidação de um campeonato que vem crescendo!

Ao fim, Andric vence, com Pretel em segundo, seguidos de Pedrosa, Doca , Cachorrão, Benecditis, Pachoalin e Corano.

Não houve muitos acidentes, felizmente.

Cada vez mais observamos equipes mais estruturadas no paddock do SBK series,e o nível da competição vem subindo.

Estarei na festa de encerramento para conhecer como será o ano 2012.

Abraço a todos e nos vemos em 2012!!!

Giglio Val, 46 anos, é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (www.gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. É patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que corre o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup e o TNT Superbike no Brasil. Destemido, trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br