moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

A grande final do SuperBike Brasil aconteceu no último domingo, dia 4 de dezembro, no Autódromo de Interlagos - São Paulo (SP)

05 de December de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A grande final do SuperBike Brasil aconteceu no último domingo, dia 4 de dezembro, no Autódromo de Interlagos - São Paulo (SP). A 9ª etapa da competição teve disputas emocionantes que terminaram com o piloto Diego Faustino (#68), da equipe Honda, sagrando-se campeão da Temporada 2016 . Veja abaixo os resultados das duas baterias da categoria principal do campeonato.

Corrida 2 -  Fora da disputa do campeonato, Alex Barros vence 2ª bateria da SuperBike
O piloto Alex Barros (#4), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, foi o vencedor da segunda bateria da etapa final da SuperBike, prova realizada na tarde de domingo (4) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto – o maior representante da motovelocidade brasileira – fez uma excelente prova. Barros largou da terceira posição e já na primeira curva assumiu a vice-liderança da corrida, ficando somente atrás de Diego Faustino (#68), da equipe Honda.

Logo no começo da segunda bateria, mais precisamente na segunda volta, foi marcado o desfecho do campeonato. Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, que vinha na disputa do título, teve problemas mecânicos com sua moto e abandonou a corrida. Com isso, Diego Faustino garantiu o tricampeonato da SuperBike antes mesma da prova acabar.

Retornando à disputa na pista, Alex Barros assumiu a dianteira na segunda volta e iniciou um belíssimo pega com Faustino pela liderança. Com ritmos muito próximos, os dois pilotos dividiram a primeira posição na maior parte da corrida. Enquanto Barros levava uma pequena vantagem nos trechos de reta, o virtual campeão se saia melhor nas curvas, e com isso a disputa seguia indefinida.

Porém, na segunda metade da prova, Alex Barros manteve o alto desempenho e viu o adversário afrouxar o punho. Com isso, o piloto da equipe BMW abriu vantagem e seguiu na ponta até receber a bandeirada em primeiro. O atual campeão, Diego Faustino, encerrou a prova na vice-liderança e faturou o segundo título consecutivo e o tricampeonato Brasileiro.

A terceira posição ficou com o argentino Diego Pierluigi (#84), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing. O piloto argentino não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e fez uma corrida bastante solitária. Já o quarto lugar ficou com Wesley Gutierrez (#134), da equipe Kawasaki Racing Team. O piloto paranaense conquistou a posição somente na volta final, quando conseguiu ultrapassar José Luiz "Cachorrão" (#51), da equipe Honda. Com isso, Cachorrão acabou recebendo a bandeirada em quinto.

SuperBike Pro Amador
O vencedor da segunda bateria foi Jeferson Marchesin Friche (#6), da equipe HG Motos Racing. Com o resultado, o piloto obteve o título Brasileiro da categoria. Já a vice-liderança da prova ficou com o piloto Roque dos Santos (#21), da Playstation / PRT. Na sequência, Rui Luiz Alves (#78), da Pro Racing Team, obteve o terceiro lugar, logo à frente de Fábio Nallin (#47), da Misano Racing Team, em quarto, e de Daniel Toloni (#3), da Misano Racing Team, na quinta posição.

Pro Estreante
Davi Lara Costa (#12), da equipe JC Racing Team, garantiu a vitória na segunda bateria. Já vice-liderança foi para Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing, que com o resultado conquistou o título da categoria.

SuperBike Pro Master,
A primeira colocação ficou com Elson Tenebra Otero (#2), da equipe Suzuki/Econs/Concard/CNM. O piloto venceu o embate particular com Jirios Semaan Abboud (#100), da equipe BH Racing, que ficou logo atrás, em segundo. Porém, com o resultado, Jirios garantiu o título da categoria.

Corrida 1 -  Diego Faustino vence 1ª bateria da final e assume liderança da SuperBike
Em uma prova eletrizante do início ao fim, Diego Faustino (#68), da equipe Honda, levou a melhor e venceu a primeira bateria da grande final da SuperBike, corrida realizada no domingo (4) no Autódromo de Interlagos em São Paulo (SP). Com o resultado, Faustino assume a liderança na tabela classificatória e fica mais perto do tricampeonato na categoria.

Diego Faustino largou em segundo lugar e desde o início da prova travou um embate intenso com Alex Barros (#4), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, e com Danilo Lewis (#17), da Tecfil Racing Team, seu adversário direto pelo título. Com um ritmo muito intenso, os três pilotos rapidamente se distanciaram dos demais. Faustino acabou sendo ultrapassado por Barros e neste momento passou a perseguir os dois ponteiros. Na quarta volta, o atual campeão da SuperBike já havia conseguido assumir a dianteira após acelerar forte e ultrapassar os dois líderes. Porém, por muito pouco não acabou pagando caro. O piloto de Londrina (PR) perdeu de leve a traseira da sua moto e quase tomou um high side.

As intensas disputas se repetiram ao longo de toda a corrida. Na segunda metade da prova, Alex Barros conseguiu fazer a ultrapassagem assumir, temporariamente, a primeira posição. Porém, Faustino deu o troco e retomou a liderança. Na volta final, os três pilotos mantiverem ao alto nível de pilotagem. Faustino recebeu a bandeirada em primeiro, menos de dois décimos à frente de Alex Barros. Já a terceira posição ficou com Danilo Lewis, que com este resultado, pela primeira vez na temporada, deixou a liderança do campeonato - está em segundo, quatro pontos atrás de Faustino.

A quarta posição na prova foi para Diego Pierluigi (#84), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing. O piloto não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e nas voltas finais quase foi surpreendido por Maico Teixeira (#36), da Honda, que diminuiu a vantagem do argentino para apenas quatro décimos e recebeu a bandeirada na quinta posição.

Pro Amador
O vencedor foi Alex Borges (#44), da equipe Pitico Race Team. O piloto teve um bom desempenho na bateria o foi nono mais rápido no geral. Já a vice-liderança ficou com o piloto Jeferson Marchesin Friche (#6), da equipe HG Motos Racing. Na sequência, Fábio Nallin (#47), da Misano Racing Team, obteve o terceiro lugar, logo à frente de Rui Luiz Alves (#78), da Pro Racing Team, em quarto, e de Arivaldo Lopes Neto (#21), da Pitico Race Team, na quinta posição.

Pro Estreante
Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing
, garantiu a vitória na primeira bateria. A vice-liderança ficou com Juracy Rodrigues "Black" (#560), da equipe Black Day Racing Team, logo à frente de Davi Lara Costa (#12), da JC Racing Team, em terceiro.

SuperBike Pro Master
A primeira colocação ficou com Jirios Semaan Abboud (#100), da equipe BH Racing. O piloto venceu o embate particular com Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Concard/CNM, ficou logo atrás, em segundo.

Fotos: Divulgação VGCOM/SBK BRASIL/Paulo Henrique Cruz/Johanes Duarte



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Goiânia recebe 7ª etapa dia 22/10

Yamaha anuncia desafio Valentino Rossi x Motobot

MotoGP: gatas molhadas no paddock do GP do Japão

MotoGP: Andrea Dovizioso tem vitória convincente no Japão

Guilherme Brito disputará seletiva para Red Bull MotoGP Rookies Cup

MotoGP: GP do Japão acontece neste final de semana

Eric Granado anuncia retorno a MotoGP na temporada 2018

Desmosedici Stradale é o novo motor Ducati quatro cilindros

SBK Brasil: Eric Granado vence etapa de Londrina (PR)

Trackday: um dia de pista é garantia de pura diversão

SBK Brasil: GP de Curitiba acontece nesse final de semana

HND Racing PRT reforça grid das 500 Milhas Brasil

Yamaha vence 8 Horas de Suzuka com a nova YZF-R1

Rafael Paschoalin conquista pódios em provas de Flat Track nos EUA


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras