Rossi sugere extinção das provas noturnas

Após o adiamento do GP do Catar para as 15h (horário de Brasília) desta segunda-feira, em função da inesperada chuva na noite de domingo, Valentino Rossi disparou à mídia sua opinião contrária à promoção de corridas noturnas na MotoGP.

Para o atual campeão da categoria, as provas devem ser realizadas somente durante o dia. “Às duas horas da tarde seria o melhor horário”, declarou o piloto da Fiat Yamaha, segundo colocado no grid da etapa de hoje.

“Espero que o episódio de Losail faça com que os dirigentes abandonem os planos de organizar outras provas à noite, como já estavam planejando fazer com a corrida de Sepang”, lembrou Rossi, que destacou também seu espanto com o fenômeno raro ocorrido na noite de ontem.

“Chuva aqui no Catar é algo muito estranho. De qualquer maneira, quando se decide fazer uma prova à noite há de se correr esse risco. Foi uma pena por todo o trabalho realizado ao longo da pré-temporada, além do comprometimento de pilotos, equipes e organizadores”, acrescentou o “Doutor”.

Segundo Carmelo Ezpeleta, chefão da classe máxima do motociclismo, a decisão de promover a corrida nesta segunda-feira foi acertada. “A maioria das equipes e competidores aceitou a ideia. Obviamente, ficamos aborrecidos por alterar a programação, mas nas condições apresentadas era impossível pensar em correr”, afirmou.

Antes da etapa de logo mais, os pilotos entrarão na pista para um segundo treino de aquecimento, agendado para as 12h30, no horário de Brasília.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br