Rossi nega saída da MotoGP

Italiano disputará a próxima temporada independente do pneu que calçar sua Yamaha.

Por Leandro Alvares

Valentino Rossi colocou um ponto final nas recentes especulações de que pensa em deixar a MotoGP ao final desta temporada, caso a Fiat Yamaha não feche um acordo para ter os pneus Bridgestone em 2008.

Embora esteja realmente determinado a correr com os compostos japoneses no próximo ano, o italiano garantiu que estará no grid independente do calçado de sua moto.

“Se tivermos a garantia dos Bridgestone será ótimo. Mas mesmo que permaneçamos com a Michelin, iremos lutar ao máximo pelo título como sempre fizemos”, afirmou Rossi, em entrevista ao site da revista inglesa “Autosport”.

A preferência do heptacampeão é pela borracha nipônica, mas Rossi admitiu que recebeu várias garantias de que os pneus da fabricante francesa estarão bem melhores no ano que vem. “Eles me disseram que assimilaram os erros cometidos nesta temporada e voltarão com tudo em 2008, com mais dinheiro e dedicação”.

“De qualquer forma, espero que a guerra de pneus seja mais equilibrada”, completou o vice-líder do certame atual, responsável por quatro das cinco vitórias obtidas pela Michelin em 2007. A Bridgestone, por sua vez, faturou 12 etapas, dez com o novo campeão da categoria, Casey Stoner.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br