Rossi minimiza vantagem de Stoner nos testes

Italiano acredita que em ritmo de corrida a Yamaha dará trabalho para o australiano da Ducati.

Por Leandro Alvares

A diferença de mais de um segundo imposta por Casey Stoner no último dia de testes coletivos da MotoGP, no circuito do Catar, não impressionou Valentino Rossi. Para o piloto da Fiat Yamaha, em ritmo de corrida o cenário deverá ser outro.

“Minha posição não foi tão ruim. Fiquei em terceiro, bem próximo do (Jorge) Lorenzo. O Stoner esteve veloz, mas não estou muito preocupado porque temos uma ótima noção de nosso ritmo de corrida. Acredito que em um mês estaremos no nível ideal”, afirmou o campeão.

Na noite de terça-feira, Rossi finalizou 75 voltas pelo traçado de Losail, a mais veloz em 1min56s972 — Stoner, o primeiro colocado, cravou 1min55s744 no melhor de seus 31 giros.

“Estávamos bem em boa parte do treino, mas quando a temperatura baixou perdemos muita aderência e sofremos um pouco. Estava fazendo uma longa sequência de voltas, mas por ter esfriado resolvemos experimentar diferentes ajustes”, contou o italiano, que não tem muita simpatia com o traçado do Catar, palco da etapa de abertura da temporada, no dia 12 de abril.

“Esta não é a pista perfeita para mim e para a moto, por isso minha meta é alcançar um resultado melhor que o obtido no ano passado”, avisou. Em 2008, Rossi terminou a prova na quinta posição, depois de ter largado em sétimo. A vitória ficou com Stoner.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br