Rossi diz que não vai desistir do título

Italiano espera iniciar recuperação no campeonato a partir da etapa de Brno.

Por Bruno Rocco

Valentino Rossi afirmou que não vai desistir do campeonato tão facilmente, mesmo com a boa atuação de Casey Stoner que vem surpreendendo a todos.

O piloto da Yamaha está 44 pontos atrás de seu rival da Ducati. A escuderia italiana, junto com os pneus Bridgestone, continua a provar que esta parceria tem boas chances de conquistar a temporada.

Rossi quer se recuperar do desapontamento que passou no GP dos Estados Unidos, por isso quer voltar à ação nesse final de semana e ainda diz: “Claro que eu me desapontei em Laguna, seria ótima ter aproveitado o feriado de verão com uma vitória, mas não foi o caso”. 

“Laguna permitiu com que muitas coisas fossem esclarecidas sobre a nossa situação nesta temporada, e sei que muitas pessoas na Yamaha e Michelin estão trabalhando durante este feriado de verão, com o propósito de ajudar a equipe a melhorar e a vencer a próxima corrida”.

“Agora estou realmente ansioso para subir na moto novamente e fazer de tudo, para voltar à briga”.

O piloto da escuderia japonesa admite que vai ser difícil ganhar de Stoner no campeonato desse ano, mas o sete vezes campeão não quer desistir.

“Com certeza sabemos que o campeonato vai ser difícil, mas no ano passado estávamos em uma situação pior e com poucas corridas para terminar o campeonato e mesmo assim voltamos a liderar a luta,” ele acrescentou.

“Desta vez será muito, muito difícil porque Stoner é muito forte e não está cometendo erros, mas não desistiremos. Eu conheço minha equipe, Yamaha e Michelin vão continuar a dar 100% e não desistiremos de lutar até o final das sete corridas”.

“Brno no ultimo ano foi a corrida em que demos a volta por cima, então vamos esperar que isso ocorra novamente este ano”.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br