Rossi destaca papel psicológico do teste em Jerez

Hexacampeão foi o mais veloz do último treino da MotoGP em 2008.

Por Leandro Alvares

Encerrar a temporada como o piloto mais rápido é psicologicamente muito importante. A opinião é de Valentino Rossi, que liderou na semana passada, no circuito espanhol de Jerez de La Frontera, o último teste coletivo da MotoGP em 2008.

“De um certo ponto de vista, ser o mais rápido daquele treino não significa nada, mas no aspecto psicológico é importante”, declarou o atual campeão da categoria, em entrevista ao jornal italiano “Gazzetta dello Sport”.

“Além disso, quando eu marquei o melhor tempo o (Daniel) Pedrosa voltou para a pista para tentar me superar, mas não conseguiu”, destacou o piloto da Fiat Yamaha, que ficou de olho também no desempenho da rival Ducati neste último ensaio.

“Embora o (Casey) Stoner tenha feito falta à equipe, os bons tempos registrados pelo (Nicky) Hayden e pelo piloto de testes confirmaram a evolução do modelo GP9”, avaliou Rossi. Stoner, para quem não sabe, não participou dos testes pois ainda se recupera de uma cirurgia no punho.

Por fim, Valentino comentou sobre os trabalhos realizados por seu time em Jerez e aproveitou para falar mais um pouco do ano que lhe rendeu o sexto título na categoria máxima do motociclismo.

“Fizemos um bom trabalho concentrando todas as atenções na nova moto e terminamos 2008 à frente de todos. O ano foi extraordinário e maravilhoso para mim. Lembrarei dele para sempre”, finalizou.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br