Repsol Honda e Michelin juntas em 2008

Confira o que pilotos e diretores disseram sobre a continuidade desta parceria.

Por Bruno Rocco

A Honda Racing Corporation (HRC) está muito feliz em anunciar que a equipe da Repsol Honda vai continuar com sua parceria de sucesso ao lado da Michelin, na temporada 2008 da MotoGP. Michelin e Honda colaboram com a classe mais alta da motovelocidade desde 1982.

A primeira vitória em uma corrida com Repsol Honda e Michelin juntas, ocorreu em 1982 com Freddie Spencer no GP da Bélgica, e a vitória mais recente foi com Daniel Pedrosa no GP de Valencia.

Depois das dificuldades da temporada 2007, Honda e Michelin acreditam que esse novo acordo vai estabelecer uma boa estrutura para um futuro promissor.

O senhor Masumi Hamane, presidente da HRC disse: “A Honda acredita que a MotoGP é uma categoria que é caracterizada por ter grandes competições e também por colaborar no aperfeiçoamento entre tecnologia e piloto. Acreditamos que é necessário ter respeito mútuo para mantermos nossa dignidade e triunfar. Este ano a Repsol Honda e a Michelin foram derrotadas, por isso devemos voltar a vencer e a conquistar as primeiras colocações, para conquistar de volta o título”.

O senhor Frederic Henry-Biabaud, diretor da divisão de motociclismo da Michelin disse: “Nós da Michelin estamos honrados e orgulhosos com a continuidade dessa sociedade com a Repsol Honda, pois juntos já vencemos oito campeonatos desde 1995, e estamos comprometidos à vencer em 2008”.

Nicky Hayden: “Estou muito feliz em poder trabalhar com a Michelin novamente no próximo ano. Eles foram a principal chave da minha vitória no campeonato mundial do ano passado e por isso possuem um lugar especial no meu coração. A Honda tem uma longa história com a Michelin, e acho que podemos trabalhar bastante no inverno durante os testes e voltar a vencer novamente em 2008”.

Daniel Pedrosa: “Estou muito satisfeito com essa parceria com a Michelin, pois possuem grande experiência e tecnologia. A situação este ano foi complicada por muitas razões, e algumas vezes nossa performance não chegou ao nível que esperávamos. Estou feliz em mostrar que tenho plena confiança na Michelin nesse importante período da MotoGP”.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br