PROMESSA DE DIA HISTÓRICO

"Japonesa voadora" pode ser a primeira mulher campeã nas 125cc

Por Fredy

Uma das sensações do próximo fim de semana, em Curitiba, será a decisão da categoria 125cc do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Na pista, a líder do campeonato, Ana Lima, pode conseguir um feito histórico no esporte do país, tornando-se a primeira mulher campeã na modalidade.

Com 128 pontos, a "japonesa voadora" só pensa em vencer a última etapa da temporada para colocar a mão no título, o que já poderia ter feito na corrida anterior, em Interlagos. No circuito paulista, Ana sofreu uma queda e terminou a prova em nono lugar. Seu principal adversário no certame, Toninho Chiari, ficou em segundo e diminuiu a diferença que o separa da líder para apenas três pontos.

"Era algo que eu não esperava. Fiquei muito triste, já chorei bastante. Mas vou com tudo para Curitiba, quero vencer e vou arriscar ao máximo para sair de lá como campeã", avisou a piloto de 19 anos. "Eu achava que o título seria decidido em Interlagos, mas o que houve foi uma fatalidade. A gente sempre fala que corridas são uma loteria e isso ficou mais uma vez comprovado".

A pista da capital paranaense traz boas lembranças para Ana. Foi lá, no ano passado, que ela conquistou a primeira vitória na Motovelocidade. "Isso ajuda no lado psicológico, além de conhecer bem a pista. Quanto ao traçado, estou tranqüila e espero ter sorte também", disse. Sobre a chance de se tornar a primeira mulher campeã da categoria, Ana se sente orgulhosa. "Fui a primeira a vencer corrida e agora tenho a chance de levar o título. Mas eu não busco fama nem glória; apenas terminar da melhor maneira possível o trabalho que venho fazendo ao longo da temporada", completou. 

Quem promete estragar a festa da piloto no fim de semana é o vice-líder da competição. Se depender de Chiari, Ana vai ter de adiar os planos de entrar para a história. "Eu ando bem em Curitiba. Agora é ganhar para ser campeão. Em Interlagos, eu esperava ter vencido por ter largado na pole position, mas o segundo foi um bom resultado", comentou.

Os primeiros treinos das 125cc pelos 3.695 metros do Autódromo Internacional Raul Boesel terão início no sábado, a partir das 9h10 (de Brasília). A corrida, no domingo, tem largada prevista para as 12h.

Além das 125cc, ainda estão em jogo os títulos da Supersport (entre o tricampeão Gilson Scudeler e Luiz Carlos Pinto, o Luizinho) e das 250cc (Fábio Peason e Felipe Garcia - Devanir Lippi e Willian Pontes, com chances matemáticas, correm por fora na disputa).


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br