Por título, Rossi gostaria de testar um Fórmula 1

Italiano classifica o título de 2008 como o mais difícil entre todos os que conquistou na MotoGP.

Por Leandro Alvares

Eufórico com a conquista de seu oitavo título no Mundial de Motovelocidade, Valentino Rossi aproveitou o momento de festa para revelar um desejo.

Questionado pelo jornal “Gazzetta dello Sport” sobre qual prêmio gostaria de ganhar pela fatura da taça de 2008 da MotoGP, o italiano não pensou duas vezes ao responder.

“Eu queria testar com a Ferrari novamente. Não um carro de rua, mas o de Fórmula 1”, afirmou o multi-campeão da Fiat Yamaha, que fez alguns testes com a escuderia italiana há dois anos.

“Seria somente a concretização de um simples desejo, sem qualquer interesse futuro”, acrescentou o piloto para evitar qualquer rumor sobre um eventual interesse de mudar de categoria.

Sobre o octocampeonato, garantido no domingo com a vitória no GP do Japão, Rossi o definiu como a conquista mais difícil em sua carreira na MotoGP. “Ganhei muitas temporadas difíceis, como a primeira correndo com a Yamaha, em 2004, mas acredito que esta foi a que me exigiu mais esforços”, destacou.

“Foi uma grande vitória e uma grande conquista. A corrida foi bastante difícil e me obrigou a andar no limite em todas as voltas, como nas etapas anteriores. O Stoner e o Pedrosa estavam muito fortes e foi ótimo brigar com eles. Ser campeão com vitória é muito bom”, completou o “Doutor”, que já havia sentindo esse gostinho nas temporadas de 2001 e 2004.

Com a vitória em Motegi, Rossi ampliou para 92 pontos a vantagem sobre Casey Stoner na classificação — placar de 312 a 220. Como restam somente três provas para o encerramento do certame e 75 tentos em jogo, o italiano já não pode mais ser superado.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br