PILOTOS DÃO SHOW EM INTERLAGOS

Ribeiro, Peasson, Doca, Colatrelli e Scudeler vencem a quinta etapa do Brasileiro.

Por Leandro Alvares

Em um evento marcado pela surpreendente participação do público, que lotou as arquibancadas da reta dos boxes do Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo, Gilson Scudeler conquistou neste domingo a sua terceira vitória na categoria Superbike do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O piloto paulista do Team Scud Petrobras liderou de ponta a ponta a quinta etapa e abriu vantagem ainda maior na liderança da temporada.

Tetracampeão da classe Supersport, o piloto paulista largou na pole position pela quinta vez no ano e se valeu do bom acerto da Honda CBR 1000 RR para subir novamente no topo do pódio. “Essa nova moto da Honda é fantástica, tem funcionado bem em todos os tipos de pista e isso tem sido fundamental para a nossa campanha no Brasileiro”, atribuiu o vencedor.

“Consegui um bom ritmo na corrida e não tive problemas para me manter em primeiro. As arquibancadas estavam cheias, isso aumenta a inspiração de qualquer piloto. Foi uma tarde especial para nossa equipe”, definiu Gilson, que abriu 38 pontos de vantagem na liderança da categoria das 1000cc.

Quem mais se aproximou de Scudeler no fim de semana foi Pablo Henrique Martins, o Baratinha, segundo colocado no grid e na corrida. O representante paulista da Suzuki fez o possível para não se desgarrar do líder, mas ainda assim completou as 20 voltas da disputa  com quase 19s de desvantagem. Leandro Panades, companheiro de Barata, foi o terceiro.

Na categoria Supersport, para equipamentos de 600cc, a vitória foi conquistada por  Murilo Colatrelli. Philippe Thiriet, que vinha empatado com Bruno Corano na liderança do torneio, concluiu o páreo em segundo e se isolou na ponta do campeonato, com 85 pontos. Corano, terceiro colocado na prova, agora é o terceiro na pontuação, ficando também atrás de Colatrelli, o novo vice-líder (83 a 81).

Como de costume nas 500cc, o grande nome da rodada foi Alecsandre Brieda. Atual bicampeão, “Doca” faturou mais um primeiro lugar, mas desta vez teve de mostrar um pouco mais de serviço para alcançar a proeza. “Não foi fácil. Aliás, em nenhuma etapa tem sido. Houve disputa da largada até o final na 500cc” resumiu. Na opinião do piloto, os detalhes têm sido fundamentais na campanha do tri. “Temos trabalhado bastante os acertos da moto, sempre procurando novas regulagens. São pequenas coisas que fazem a diferença, além da experiência”, concluiu.

Na classe que é a porta de entrada da competição nacional, destinada aos jovens pilotos em motos 125cc, Ribeiro ampliou a sua hegemonia. Ele é o único competidor invicto do Brasileiro e analisou a corrida como bastante disputada. Estava ventando muito, o que dificultou ainda mais. O importante foi conseguir manter a regularidade e alcançar mais uma vitória”, disse.
 
Entre as feras das 250cc, Fábio Peasson venceu pela segunda vez no ano e embolou a briga pelo título. Ele está com 89 pontos, apenas três a menos que William Pontes, o Pamonha, terceiro colocado em Interlagos.

“Optei por arriscar tudo no início da corrida para abrir vantagem. E deu certo. Agora ficou tudo ‘embolado’ na classificação geral para Santa Cruz do Sul”, comentou Peasson, bicampeão da categoria, referindo-se à cidade gaúcha que será palco da próxima etapa, agendada para o final de setembro.

Confira os resultados da etapa de Interlagos:

Superbike / Supersport:
1) Gilson Scudeler (SP/Superbike), 20 voltas em 34min53s870
2) Pablo Henrique Martins (SP/Superbike), a 18s952
3) Leandro Panades (SP/Superbike), a 32s122
4) Luiz Carlos Cerciari (SP/Superbike), a 55s116
5) Murilo Colatrelli (SP/Supersport), a 1min04s763
6) Philippe Thiriet (MG/Supersport), a 1min17s888
7) Bruno Corano (SP/Supersport), a 1 volta
8) Danilo Andric Silva (SP/Supersport), a 1 volta
9) Daniel Gurgel de Mendonça (SP/Superbike), a 1 volta
10) Elson Tenebra Otero (SP/Superbike), a 1 volta

500cc
1) Alecsandre Brieda
2) Renato Velludo
3) Carlos Cruz
4) Fábio Luiz Rodrigues
5) Mauro Laguna

250cc
1) Fábio Peasson
2) Marcos Câmara
3) William Pontes
4)  Ana Lima
5) Igor Calura

125cc
1) Murilo Ribeiro
2) Douglas Figueiredo
3) Otávio Lucchini
4) Jefferson Henrique do Carmo
5) Antônio Casalinho

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br