Pedrosa vence em casa pela primeira vez

Saindo da segunda posição no grid, o espanhol assegurou a liderança na primeira curva.

Por Adilson

Daniel Pedrosa, da Repsol Honda, fez uma grande corrida e venceu pela primeira vez pela MotoGP no Circuito da Catalunha, passando assim, a ser o único piloto, além de Valentino Rossi a ganhar em todas as categorias na pista de Barcelona.

O jovem espanhol esteve imbatível, isolando-se na frente da corrida com um ritmo fortíssimo e obrigando seus rivais mais diretos a brigarem apenas pelas posições restantes do pódio.

Casey Stoner, que fez a pole e tinha mostrado ser competitivo nos treinos, acabou não conseguindo concretizar a vantagem que tinha na largada, chegando a ser ultrapassado momentaneamente por Andrea Dovizioso da JiR Team Scot. O Campeão do Mundo recuperou depois a segunda posição, mas numa altura em que passou a ter o cinco vezes campeão do mundo Valentino Rossi a pressioná-lo fortemente.

O australiano fez então uso de toda a sua maestria, mas a verdade é que a Fiat Yamaha M1 de Rossi se apresentou muito competitiva sob as temperaturas mais amenas que se sentiram no traçado catalão e, depois de um erro de Stoner na curva Seat, o italiano chegou pela primeira vez à segunda posição depois de ter largado da nona posição no grid.

Stoner ainda consegui recuperar a segunda posição mais uma vez, no final da reta de chegada algumas voltas depois, mas não conseguia se desvencilhar de Rossi que, a duas voltas do fim, e repetindo o duelo do ano passado mas com desfecho inverso, deu a estocada final ao australiano para garantir o segundo posto e aquele que foi o 12º pódio consecutivo no Circuito da Catalunha.

Muito bem esteve o piloto do JiR Team Scot Andrea Dovizioso. Depois de excelente largada e depois de lutar com os homens da frente, Dovizioso acabou não conseguindo parar Rossi e Stoner, mas acabou garantindo a quarta posição, o seu melhor resultado da tamporada, à frente dos pilotod da Tech3 Yamaha, Colin Edwards e James Toseland.

Chris Vermeulen, da Suzuki, foi o sétimo batendo o campeão do mundo de 2006, Nicky Hayden. Ao contrário do seu companheiro de equipe, o norte-americano da Honda não aproveitou o terceiro lugar no grid de largada, perdendo várias posições logo nos momentos iniciais da prova para concluir na oitava posição, à frente de Shinya Nakano, da San Carlo Honda Gresini, e de John Hopkins, da Kawasaki, que fecharam o Top 10.

Alex de Angelis, Loris Capirossi e Randy de Puniet foram os três pilotos que caíram perto do meio da corrida e em rápida seqüência, enquanto, algumas voltas antes, Toni Elias tomou bandeira preta por não ter respeitado uma penalização de passagem pelos boxes.

A próxima e oitava etapa do Mundial de MotoGP acontece dia 22 de junho na Inglaterra. 

Resultado do GP da Catalunha:
1) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda/M), 43min02s175
2) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha/B), 43min04s981
3) Casey Stoner (AUS/Ducati/B), 43min05s518
4) Andrea Dovizioso (ITA/JiR Team Scot/M), 43min13s068
5) Colin Edwards (EUA/Tech 3 Yamaha/M), 43min18s601
6) James Toseland (ING/Tech 3 Yamaha/M), 43min23s657
7) Chris Vermeulen (AUS/Suzuki/B), 43min23s723
8) Nicky Hayden (EUA/Repsol Honda/M), 43min24s455
9) Shinya Nakano (JAP/Honda Gresini/B), 43min24s550
10) John Hopkins (EUA/Kawasaki/B), 43min49s100
11) Marco Melandri (ITA/Ducati/B), 44min00s166
12) Anthony West (AUS/Kawasaki/B), 44min01s343
13) Sylvain Guintoli (FRA/Alice Team/B), 44min02s954

Legenda
B = Bridgestone / M = Michelin

Confira a classificação da MotoGP:
1) Valentino Ross, 142 pontos
2) Dani Pedrosa, 135
3) Jorge Lorenzo, 94
4) Casey Stoner, 92
5) Colin Edwards, 69
6) Andrea Dovizioso, 57
7) James Toseland, 53
8) Loris Capirossi, 51
9) Nicky Hayden, 48
10) Shinya Nakano, 42
11) Chris Vermeulen, 40
12) John Hopkins, 32
13) Marco Melandri, 29
14) Alex De Angelis, 24
15) Toni Elias, 24
16) Randy De Puniet, 18
17) Sylvain Guintoli, 15
18) Anthony West, 10
19) Tadayuki Okada, 2


 


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br