Pedrosa foi ao céu em Laguna Seca

Piloto espanhol conseguiu sua primeira vitória na temporada depois de muitos problemas físicos.

Por André Jordão

Daniel Pedrosa, da Repsol Honda, subiu ao lugar mais alto do pódio na oitava etapa da MotoGP, realizada em Laguna Seca, EUA, neste final de semana. O espanhol largou muito bem e já no início tomou a liderança, saindo da quarta posição.

Jorge Lorenzo, que era dúvida devido as quedas do sábado, largou muito mal e foi para trás. Valentino Rossi manteve seu segundo lugar conseguido nos treinos de classificação, seguido por Stoner, que vinha rápido em terceiro.

O duelo mais esperado era uma possível reedição do ano passado, quando Stoner e Rossi, duelaram lado a lado no traçado americano. Logo no início o público se animou, Stoner emparelhou a Ducati na reta e no motor ultrapassou o italiano sem maiores problemas. Pedrosa aumentava o ritmo e dominava a frente.

Enquanto Lorenzo se recuperava e já ocupava a quarta colocação, Rossi desceu o braço, e na freada, passou o australiano consolidando o segundo lugar. Stoner claramente com problemas físicos e no acerto da moto, perdeu o ritmo e também a terceira posição para Lorenzo.

O abusado novato não se contentou com o terceiro posto e foi para cima do “Doutor”. Lorenzo empurrava Rossi e ambos encostavam em Pedrosa, a corrida estava imprevisível de novo. Foi quando em um ato precipitado, o espanhol da Yamaha, freou por dentro e quase perdeu a frente da sua M1; Rossi com tranquilidade manteve o segundo lugar.

Mais para trás a batalha era boa pelo quinto posto, entre Nicky Hayden e Toni Elias. O americano da Ducati conseguiu manter a quinta posição e obteve o melhor resultado desta temporada, Elias foi o sexto. Na frente tudo parecia definido, Lorenzo depois do erro tirou a mão e se contentou com o pódio. Rossi a duas voltas para o fim começou a tirar a vantagem, que era grande para Pedrosa.

O espanhol que liderava tranquilo começou a olhar para trás. Rossi vinha com uma tocada agressiva e na última volta, mas precisamente na última curva, o italiano veio por dentro e tentou repetir a freada da Catalunha, entretanto a Honda fechou a porta e Pedrosa conseguiu sua primeira vitória na temporada 2009. Rossi ficou em segundo, seguido por Lorenzo e Stoner.

Logo no começo da prova Loris Capirossi e Gabor Talmacsi já tinham abandonado por queda. Mais tarde, Andrea Dovizioso e Sete Gibernau também foram ao chão, ambos também não voltaram à pista. James Toseland, da Yamaha Tech 3, não obedeceu a um penalty que havia recebido e então foi dado bandeira peta para ele, tirando o inglês da corrida.

Agora a classe máxima do motociclismo dá uma parada e volta dia 17 de julho com os treinos livres no circuito de Alice Motorrad, na Alemanha.

Confira os tempos em Laguna Seca:
1) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 44min1s580
2) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 44min1s924
3) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 44min3s506
4) Casey Stoner (AUS/Ducati Marlboro), 44min14s012
5) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 44min23s243
6) Toni Elias (ESP/Honda Gresini), 44min23s621
7) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), 44min31s781
8) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki), 44min34s437
9) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 44min41s905
10) Marco Melandri (ITA/Hayate Racing), 44min49s608
11) Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini), 44min50s390
12) Niccolo Canepa (ITA/Pramac Racing), 45min20s111

Confira a classificação:
1) Valentino Rossi, 151 pontos
2) Jorge Lorenzo,142
3) Casey Stoner, 135
4) Dani Pedrosa, 92
5) Colin Edwards, 76
6) Andrea Dovizioso, 69
7) Marco Melandri, 61
8) Chris Vermeulen, 61
9) Randy De Puniet, 58
10) Loris Capirossi, 56
11) James Toseland, 39
12) Nicky Hayden, 38
13) Toni Elias, 37
14) Alex De Angelis, 36
15) Mika Kallio, 26
16) Niccolo Canepa, 16
17) Sete Gibernau, 12
18) Yuki Takahashi, 9


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br