NOVA MÁQUINA VERMELHA

Ducati lança Desmosedici GP6 com a meta de brigar constantemente por vitórias.

Por Fredy

A famosa estação de esqui italiana, Madonna di Campiglio, recebeu na última quarta-feira a cerimônia de lançamento oficial da nova moto da Ducati, construída para a temporada 2006 da MotoGP. A Desmosedici GP6, uma evolução de sua predecessora, foi apresentada ao lado dos pilotos Loris Capirossi e Sete Gibernau, os quais demonstraram bastante otimismo diante da máquina vermelha, assim como os demais integrantes do time.

"O novo equipamento representa uma evolução da GP5. Aparentemente pode até não apresentar nenhuma grande diferença em relação ao modelo antecessor, mas é, sem dúvida, um importante passo à frente", disse Claudio Domenicali, diretor executivo da Ducati Enterprise, também presente à festa.

"A moto é mais leve, mas tivemos que trabalhar muito para deixá-la mais 'magra', especialmente na parte traseira. Nosso trabalho também foi árduo na parte da dirigibilidade e do motor, ambos bastante modificados, especialmente o propulsor, agora mais potente, com menor consumo de combustível e mais confiável", acrescentou o dirigente, que ainda fez questão de ressaltar o trabalho em parceria com a Bridgestone, sua fornecedora de pneus.

"Obviamente, a evolução da moto teve grande influência da Bridgestone. Estamos trilhando o caminho certo, e as últimas provas do ano passado comprovaram os nossos aprimoramentos. Nosso desejo é demonstrarmos competitividade em cada circuito".

Em relação à dupla de pilotos, Domenicali não fez questão de poupar elogios e se disse satisfeito com seus dois representantes. "Nosso elenco é um dos mais fortes deste ano. Loris é uma confirmação para nós e, tão logo o pacote permita, poderá nos trazer grandes resultados. Ao Sete damos uma calorosa boas vindas por ter se juntado a nós, numa clara demonstração da importância que dá ao time. Ele é um grande piloto e, ao lado de Capirossi, irá ajudar a construir uma ótima escuderia", completou o italiano.

Ex-piloto da Honda Gresini, Gibernau realizou seus primeiros testes com a Ducati no final de 2005. A sensação tanto diante do novo time como em relação à moto de 2006 tem encorajado o espanhol para o certame. "Estar numa equipe que me apóia 100%, com as ambições, os meios e o entusiasmo para produzir resultados, é como realizar de um sonho. Cada dia que passa, sinto-me bem melhor com o time e estou certo de que será uma temporada muito divertida", apostou.

Para sua quarta temporada com a escuderia italiana, Capirossi afirmou estar otimista, principalmente por ter acompanhado todo o processo de construção da Desmosedici. "Eu vi o nascimento do projeto, o qual eu acredito que trará ótimas alegrias para toda a equipe. O conjunto é eficiente, mas ainda assim tem muito potencial de progressão", destacou o piloto.

Quanto ao novo colega de equipe, Capirossi garantiu estar vivendo uma boa relação. "Trabalhamos bem juntos, apesar de estarmos seguirmos caminhos diferentes. O que importa, contudo, é nossa meta comum, que é a conquista de vitórias", concluiu.

Os primeiros testes do ano da nova Ducati serão realizados na próxima semana, a partir do dia 23, no circuito malaio de Sepang. A temporada começará em 26 de março, na pista de Jerez de La Frontera, Espanha.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br