MotoGP: Última fase começa em Motegi

A etapa do Japão do campeonato Mundial de Motovelocidade 2011, que acontecerá neste fim de semana, dará início à última fase da temporada, com três das últimas quatro corridas do ano acontecendo em curto intervalo de tempo.

Com 44 pontos de vantagem na chegada à 15ª etapa, Casey Stoner, da Repsol Honda e vencedor do último embate em Aragón (oitavo triunfo do ano), aumentou a vantagem na frente da classificação sobre o atual Campeão do Mundo, Jorge Lorenzo. Stoner venceu a corrida do ano passado em Motegi e a repetição do resultado deixa-o numa posição de conquistar o título de 2011 na etapa seguinte, em casa, no circuito de Phillip Island.

O australiano sabe que de momento são tudo hipóteses, nada mais, e é por isso que se mantém concentrado em enfrentar uma corrida de cada vez. Da mesma forma, Lorenzo sabe que precisa fazer de tudo para revalidar seu título. O piloto da Yamaha Factory Racing foi quarto na corrida do ano passado em Motegi, a caminho do título de 2010, mas venceu no ano anterior no Japão.

Já para Andrea Dovizioso, que foi segundo colocado em Motegi no ano passado, está atualmente em terceiro no Campeonato, mas a raridade da desistência em Aragón – a primeira vez que ficou a zeros este ano – deixou o italiano zangado. Ele deverá estar ansioso para melhores resultados no Japão.

Perto de Dovizioso depois de três segundos lugares consecutivos nas últimas três jornadas está Daniel Pedrosa, também da Repsol Honda, que está apresentando um ritmo vencedor nesta fase final da temporada 2011 e deverá estar ansioso para conquistar o triunfo na pista onde fraturou a clavícula numa queda durante os treinos do ano passado.

O piloto da Yamaha Factory Racing, Ben Spies, também adoraria somar mais um triunfo depois de se ter estreado no ponto mais alto do pódio num GP este ano, e está em busca de um possível quarto posto na geral do Campeonato.

Um dos protagonistas da batalha da época do ano passado foi Valentino Rossi, que lutou com o então companheiro de equipe, Lorenzo, pela última posição do pódio em Motegi. O italiano está numa posição bem diferente este ano, tudo porque busca melhorias em sua Ducati. Rossi e o companheiro de equipe, Nicky Hayden, estão atualmente em sexto e sétimo, respectivamente, na geral.

Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini) venceu nas 250cc em Motegi a caminho do título de 2008 e o italiano vai dar tudo para dilatar o pódio solitário que conquistou em Brno este ano, enquanto Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) e Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) completam, neste momento, a lista dos dez primeiros da classificação geral. Para Aoyama, Motegi representa a jornada mais importante do ano para o nipônico, que vai tentar premiar o público da casa com forte resultado.

O pelotão da MotoGP vai ser maior neste fim de semana com a adição de dois nomes; os pilotos de testes da HRC Kousuke Akiyoshi e Shinichi Itoh vão alinhar no Grande Prêmio do Japão. Akiyoshi, que rodou em Assen no início deste ano, vai estar aos comandos de uma LCR Honda, com Itoh a rodar com uma RC212V pela Honda Racing Team.

A Honda anunciou, durante o fim-de-semana de Aragón, que a dupla iria levar a marca a correr com oito RC212V na 15ª jornada do ano, em Motegi.

Loris Capirossi infelizmente não vai poder correr neste fim de semana em consequência da forte queda que sofreu em Aragón e que agravou a lesão no ombro. O piloto da Pramac Racing espera estar apto para correr depois na Austrália.

A décima quinta etapa do campeonato Mundial de Motovelocidade acontecerá neste fim de semana, no circuito de Motegi, no Japão. A prova será transmitida ao vivo pelo canal de TV por assinatura, SporTV, a partir das meia noite de Sábado para Domingo.

Informação do circuito:

Perímetro: 4.801 m.
Largura: 15m
Curvas à esquerda: 6
Curvas à direita: 8
Reta mais longa: 762 m.
Construído: 1997
Modificado: 1997



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br