MotoGP: Rossi correrá em Assen com a GP11.1

A Ducati Team, que continua a desenvolver a Desmosedici GP12, vai introduzir uma variedade de atualizações em Assen. Valentino Rossi vai rodar com a nova geração da moto, a GP11.1. O processo de design da moto começou após os testes de Sepang, com a construção ter sido iniciada após a aprovação do chassis da GP12 por parte dos pilotos durante o seu primeiro teste, em Jerez.

Para a GP11.1 o Departamento Corse preparou um motor 800cc que é instalado no chassis que os engenheiros da Ducati estão desenvolvendo para 2012. A moto vai também contar com nova caixa de velocidades, a “DST- Ducati Seamless Transmission”, cujo processo de design teve início em 2010.

Nicky Hayden, que já usou quatro motores nesta temporada, vai rodar com a GP11 equipada com um quadro ‘step-2’, cuja dureza foi alterada em comparação com o ‘step-1’ apresentado no teste de Estoril. De acordo com o calendário de rotação de motores ele rodará com a GP11.1 em Laguna Seca.

Valentino Rossi:
“Assen é uma das minhas pistas favoritas – uma das que mais gosto e onde fiz boas corridas em todas as categorias. Vamos tentar tirar proveito das boas sensações e da nossa experiência neste circuito porque na manhã de quinta-feira vamos estrear algumas atualizações na minha moto que são muito promissoras e novas. O Filippo [Preziosi], o pessoal da Ducati e a Equipe de Testes trabalharam mesmo muito e isso permitiu-nos dar estes novos passos com o desenvolvimento da moto. Não tivemos a oportunidade de testar a 800cc desde Estoril. Tendo consciência que apesar de termos o tempo limitado, estamos a centrar-nos em dois trabalhos: fazer os ajustes básicos aos novos componentes técnicos, e encontrar uma configuração geral para a corrida de sábado. Temos de fazer bom trabalho em pista para tirarmos o maior”.

Nicky Hayden:
“Não houve GP no fim-de-semana passado, mas o tempo passou muito depressa porque tive um teste em Mugello e algumas ações de RP. Agora é hora para o GP de Assen, uma corrida impressionante. Tenho boas memórias da pista, incluindo uma vitória, e é um local de que gosto muito, com muita história e tradição. A pista mudou ao longo dos anos, mas gosto da nova seção. Ultimamente temos ficado longe da frente, mas agora temos mais uma novidade com o chassis. É claro que a Ducati está trabalhando muito e isso motiva-me. Estou ansioso para colocar as mãos nas GP11.1 o mais depressa possível”.

Filippo Preziosi, Diretor Técnico:
“Decidimos fazer a GP11.1, que é um motor de 800cc num chassis GP12, para acelerarmos o processo de desenvolvimento da moto do próximo ano. Considerando que o Valentino ainda não rodou com a GP11.1, esta decisão pode exigir que a equipe use algumas corridas para tirar total proveito do seu potencial, mas optamos por dar o passo a frente com ele porque acreditamos que é importante para o nosso processo de desenvolvimento. A caixa de velocidades de nova geração, por outro lado, é uma solução que acreditamos que vai dar frutos imediatos. O Departamento Ducati Corse vai continuar a estudar mais inovações, tanto para este ano, como para 2012”.

Comunicado oficial da Ducati Team.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br