MotoGP mais emocionante do que nunca

Principal categoria das motos conta com quatro vencedores em quatro provas distintas.

Por Adilson

Com quatro corridas já disputadas em 2008 pela MotoGP, a classificação já mostra sinais que este ano pode ser um dos mais competitivos. Valentino Rossi e Casey Stoner estão entre os primeiros, mas longe de serem as forças dominantes desta fase como em anos anteriores.

Os três primeiros da categoria, o atual líder da competição, Daniel Pedrosa, o estreante da Fiat Yamaha, Jorge Lorenzo, e o cinco vezes Campeão do Mundo de MotoGP, Valentino Rossi, estão separados apenas por nove pontos, e cada um deles já com um triunfo.

Em contraste, ano passado Stoner somava 37 pontos a mais que o então terceiro classificado Pedrosa depois das quatro primeiras corridas e tudo leva a crer que teremos batalhas muito equilibradas pela supremacia ao longo da temporada.

A jornada chinesa, a quarta do calendário nos últimos três anos, é uma excelente oportunidade para reflexão, como 2006, a ser o paralelo mais próximo com a presente temporada.

Há duas temporadas havia quatro vencedores em igual número de corridas. Este ano Stoner, da Ducati, repetiu o triunfo no Catar, Pedrosa triunfou em casa, Lorenzo estreou a ganhar em Estoril e Rossi regressou às vitórias no domingo, o que imita bem as vitórias de Loris Capirossi (Jerez), Rossi (Catar), Marco Melandri (Turquia) e Pedrosa (China) em 2006. Estas são as duas únicas vezes em que se verificou esta situação desde a entrada das 4 tempos em 2002.

Como Lorenzo é estreante da MotoGP, faz com que não conte com resultados anteriores para comparação, apenas as prestações de Pedrosa e Rossi podem ser comparadas com as do ano passado. O piloto da Repsol Honda soma 32 pontos a mais que em 2007, enquanto Rossi tem apenas um ponto a menos que em 2006 na mesma fase.

Apesar de correrem numa equipe dividida e com pneus diferentes, Lorenzo e Rossi ainda são considerados a mesma equipa nas classificações de MotoGP. O sucesso da dupla levou a Fiat Yamaha ao topo da classificação com 36 pontos de vantagem à Repsol Honda. A Ducati está em terceiro, principalmente graças ao Campeão do Mundo Stoner que começou o ano com uma vitória, mas também com a recente ajuda de Marco Melandri que regressou aos seis primeiros na China.

A caminho de Le Mans, na França, dia 18 de Maio, espera-se que a competitividade seja ainda maior, com o atual recorde dos vencedores pronto para ser batido.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br