MotoGP: Lorenzo chega de férias com tudo

Nos primeiros treinos livres, as Yamahas e Hondas ficam com as 5 melhores posições.

Por Roberto Brandão

Jorge Lorenzo, que batalha para diminuir a diferença de uma vitória para seu companheiro de equipe e líder do campeonato, Valentino Rossi, começou o Grande Prêmio da República Tcheca dominando os treinos livres da manha dessa sexta feira.

O espanhol, que começa a décima primeira rodada 25 pontos a menos que o atual campeão Mundial, imprimiu um forte ritmo para permanecer no topo dos melhores tempos.

Rossi foi um dos dois pilotos que finalizaram os treinos a menos de um segundo de Lorenzo. O ganhador de quatro corridas neste ano, em sua última volta, ficou apenas 0s399 atrás de seu companheiro de equipe quando possivelmente perdeu um pouco de tempo ao passar Alex Angelis, que havia caído. O italiano, no ano passado, levou a prova por mais de 15s de diferença após Casey Stoner cair quando liderava.

Daniel Pedrosa foi o terceiro colocado pela maior parte do tempo no treino livre, mas só conseguiu ficar um segundo a menos que Lorenzo em sua última volta. Para acabar com todas as especulações sobre a ida de Lorenzo para a Repsol Honda, Pedrosa e o vencedor da etapa de Donington Park, Andrea Dovizioso, foram confirmados por mais dois anos na marca japonesa.

Colin Edwards, que conseguiu seu primeiro pódio na temporada no GP da Inglaterra, ficou entre os dois pilotos da Repsol Honda, quando conseguiu o quarto melhor tempo com sua Yamaha Tech 3.

O terceiro colocado na tabela de classificação, Stoner, não participará desta rodada e de mais duas por problemas de saúde e foi substituído pelo piloto da Pramac Racing, Mika Kallio. O novato finlandês deu um grande passo para sua carreira na Ducati Marlboro fazendo o quinto melhor tempo nos primeiros estágios do treino livre. Entretanto, num último esforço, Dovizioso e Toni Elias o colocaram para a sétima colocação, há 1s707 atrás de Lorenzo, mas mesmo sendo sua primeira vez na fábrica principal, foi o melhor piloto da marca italiana.

Seu atual companheiro de equipe e segundo piloto da Ducati Marlboro, Nicky Haiden, estava na décima quinta posição na metade dos treinos, mas conseguiu melhor seu tempo e pulou para a décima segunda colocação. O campeão mundial de 2006 foi 0s519 mais lento que Kallio.

Mesmo com a queda, Alex de Angelis fez o oitavo melhor tempo.

O último pódio da Suzuki veio nas mãos de Loris Capirossi, em Brno, na temporada de 2008. Nos treinos livres deste ano, Capirossi fez o nono melhor tempo. O piloto da Hayate Racing, Marco Melandri fechou os dez melhores 2s144 mais lento que o primeiro colocado.

A máquina da Ducati Pramac de Kallio foi temporariamente entregue ao piloto do WSBK, Michel Fabrizio, que em sua segunda aparição na MotoGP conseguiu marcar o décimo sétimo melhor tempo, meio segundo atrás do décimo sexto colocado.

Brno marca o começo de novas regras para os motores, que serão somente permitidas cinco mudanças para cada piloto durante as sete últimas rodadas. Mudanças extras de motores acarretarão na perda de 10 pontos.

Em 2010, as regras sofrerão novas atualizações sobre a vida útil dos motores, onde cada piloto será limitado a utilizar somente seis motores durante todas as 18 rodadas.

Depois da corrida de domingo, Brno será sede para testes na segunda feira. O grid de largada será definido na manhã de sábado, a partir das nove horas.

Resultados:
1) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 1min56s595
2) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 1min56s994
3) Dani Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 1min57s584
4) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), 1min57s741
5) Andrea Dovizioso (ITA/Repsol Honda), 1min58s172
6) Toni Elias (ESP/Honda Gresini), 1min58s295
7) Mika Kallio (FIN/Ducati Marlboro), 1min58s302
8) Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini), 1min58s497
9) Loris Capirossi (ITA/Rizla Suzuki), 1min58s582
10) Marco Melandri (ITA/Hayate Racing), 1min58s739
11) James Toseland (ING/Yamaha Tech 3), 1min58s764
12) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 1min58s821
13) Chris Vermeulen (AUSRizla Suzuki) 1min 59s041
14) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 1min59s055
15) Niccolo Canepa (ITA/Pramac Racing), 1min59s531
16) Gabor Talmacsi (HUN/Scot Racing), 1min59s979
17) Michel Fabrizio (ITA/Pramac Racing), 2min00s423


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br