MotoGP: Jonas Folger não disputará temporada 2018

Após um impressionante pódio no Grande Prêmio da Alemanha em julho, Jonas Folger ausentou-se no final da temporada de 2017, depois de sofrer de uma doença. Posteriormente, ele  foidiagnosticado com a Síndrome de Gilbert, uma desordem genética que afeta entre 2% e 5% da população, na qual o fígado é incapaz de processar toxinas efetivamente.

O piloto da equipe Monster Yamaha Tech3 foi forçado a mudar o foco do ano de 2018 para sua recuperação, portanto o alemão não poderá competir nesta temporada - já que não se encontra bem fisicamente e mentalmente para retornar às pistas.

Confira as ofertas para você e sua moto no Shopping MOTO.com.br 

"Estou muito triste por dizer isso, mas não irei competir no Mundial de MotoGP em 2018", disse Folger em um comunicado. "Eu não consegui fazer as melhorias que eu esperava, e nesta fase eu não me sinto capaz de montar uma motocicleta de MotoGP 100%. Gostaria de agradecer a todos os envolvidos, especialmente à equipe Monster Yamaha Tech3, Yamaha Factory Japan, Monster Energy, HJC, IXON, Forma Boots e Rudy Project. Espero voltar um dia e quero agradecer a todos pelo apoio contínuo".

O chefe de equipe, Herve Poncharal, ficou chocado com a decisão, mas a respeita completamente. "Na noite de terça-feira (16) recebi uma ligação de Bob Moore, empresário de Jonas Folger", explicou Poncharal. "Eu não conseguia acreditar no que Bob estava me contando no telefone, que Jonas Folger decidiu não competir na Temporada 2018 da MotoGP porque ele não se sente 100% recuperado, mental e fisicamente. Ainda é muito difícil para mim acreditar, que ele não vai competir conosco em 2018, especialmente porque ele tem sido alguém em quem eu tinha muita fé e eu tinha certeza de que alcançaríamos o primeiro nível juntos neste ano", acrescentou.

"Respeito completamente sua decisão, embora seja difícil de engolir. No entanto, vou tentar encontrar uma solução para um piloto de substituição, que é uma missão muito difícil, pois todos os pilotos mais rápidos já estão contratados por outras equipes Mas, como sempre em corridas, precisamos ser proativos, inventivos e espero que possamos fazer alguém muito feliz. Nós manteremos todos informados sobre a evolução da situação".

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br