MotoGP: equipe malaia assume Angel Nieto Team e assina com Yamaha

Dia de mudanças na MotoGP: a Angel Nieto Team foi assumida pela SIC - time do circuito de Sepang, na Malásia. A equipe, que já existe na Moto2 e na Moto3, também dará as caras na classe principal do Mundial de Motovelocidade.

Até o final do ano, o time de Jorge Martínez Aspar corre com motos Ducati. Nas próximas três temporadas, entretanto, outras motos estarão na garagem: as M1 da Yamaha, que encontram então uma nova estrutura satélite após a saída da Tech3 do guarda-chuva da marca de três diapasões - a equipe francesa passa a ter motocicletas da KTM em 2019.

Confira os equipamentos disponíveis no Shopping.MOTO.com.br!

A dupla de pilotos ainda não está definida. Um dos nomes cotados para o time é o do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, atualmente na Marc VDS. A equipe que promoveu a estreia de Morbidelli na MotoGP vive um momento interno conturbado e pode deixar o grid.

O outro nome forte para a vaga era o de Dani Pedrosa, que não segue na Honda em 2019. Entretanto, a imprensa espanhola vê a situação mudando e o que era dado como certo pode se transformar em um anúncio de aposentadoria – Pedrosa convocou uma coletiva para a semana que vem em Sachsenring, palco da próxima etapa, o GP da Alemanha.

Quer vender sua moto? Anuncie no MOTO.com.br! 

Se Pedrosa deixar a MotoGP, Álvaro Bautistaum dos pilotos da atual estrutura da Angel Nieto Team ao lado de Karel Abraham – é quem ganha força para ocupar a outra M1 da equipe.

Foto: MotoGP/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br