MotoGP: Dovizioso estende vínculo com Ducati até fim de 2020

O que havia se transformado em uma novela finalmente chegou ao fim: Andrea Dovizioso segue como piloto da Ducati por mais duas temporadas. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (18), primeiro dia de atividades para o GP da França, quinta etapa da temporada 2018 da MotoGP.

Confira os equipamentos disponíveis no Shopping.MOTO.com.br!

Dovizioso e Ducati vinham arrastando as negociações desde o início da temporada - o italiano chegou a dizer abertamente que conversou com outras equipes - mas as partes chegaram a um acerto e o vice-campeão de 2017 continua vestindo vermelho até o final de 2020.

Quer vender sua moto? Anuncie no MOTO.com.br!

"Hoje foi um grande dia para nós", disse Dovizioso, o mais veloz nos primeiros treinos livres em Le Mans. "Creio que fizemos um grande trabalho até o momento, mas não é o suficiente: queremos mais e estou satisfeito por termos chegado a um acordo que nos permita trabalhar tranquilos e obter melhores resultados", completou o piloto, que no fim de 2020 completará oito anos de Ducati.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br