MOTOGP DESEMBARCA NA TURQUIA

Terceira etapa inicia treinos nesta sexta-feira, podendo marcar novos recordes de Rossi

Por Thiago Fuganti

Com uma vitória de Loris Capirossi e outra de Valentino Rossi nas duas primeiras corridas do ano, a MotoGP chega ansiosa à Turquia para conhecer, neste fim de semana, o desfecho da terceira etapa daquela que muitos já consideram como a melhor temporada dos últimos tempos.

Além de Ducati e Yamaha, espera-se um bom rendimento das motos Honda no circuito de Istambul, detentor de um traçado bastante desafiador e de garantia de grandes emoções para os expectadores. Um dos pontos da pista que promete bons pegas é a curva oito, formada por três segmentos de reta intercalados; uma adversidade certa para os pilotos.

Esta será a segunda prova da categoria no traçado turco. No ano passado, o vencedor foi Marco Melandri, que conquistava na ocasião sua primeira vitória na MotoGP. Rossi terminou em segundo.

E por falar no heptacampeão das duas rodas, vale destacar que o GP deste domingo marcará a corrida de número 100 de sua carreira vitoriosa. Além disso, o italiano tem tudo para alcançar mais um recorde: o de pontos na motovelocidade, atualmente nas mãos de Max Biaggi, que acumulou 2.892 na soma das 125cc, 250cc e MotoGP. No momento, o “Doutor” tem 2.886.

Em caso de vitória, Rossi também deixará para trás a marca de 54 conquistas, a qual divide atualmente com o ex-piloto Michael Doohan. Mas para isso, terá de mostrar que a Yamaha definitivamente solucionou os problemas de vibração do modelo YZR-M1, a principal preocupação do time japonês neste início de certame.

“A corrida do Qatar marcou o meu início de campeonato, já que não tivemos um bom resultado na prova de Jerez”, lembrou Rossi. “Só que ainda estamos atrás na pontuação e precisamos fazer nosso melhor para nos aproximarmos da liderança”, destacou o piloto, quarto colocado na classificação, com 27 pontos, 14 a menos que o líder Capirossi.

“Meus rivais estão muito fortes, então teremos de estar em condições de vencer de novo. Sei que Istambul não é um de meus traçados prediletos, pois tivemos muitos problemas aqui no ano passado, mas há algumas curvas rápidas que são fantásticas, e estou bastante motivado para brigar pela ponta. Não sabemos como a moto irá se comportar nesta pista, mas espero que não tenhamos a presença da vibração por aqui”, completou Rossi.

Dos adversários do multi-campeão, um que terá trabalho para se familiarizar com a pista será Capirossi. Em 2005, por conta de uma lesão, o italiano ficou de fora da etapa. “Não sei nada sobre o traçado. Assisti ao vídeo da corrida do ano passado umas 20 vezes para tentar entender alguma coisa, mas pelo que vi creio que possa ser um bom circuito para mim”, falou o piloto da Ducati.

“Sinto que estamos em ótima forma para lutar por mais uma vitória. Os pneus e a moto estão em perfeita sintonia, por isso, só vejo motivos para andarmos na frente”, acrescentou o corredor.

Os primeiros treinos livres do GP turco serão realizados amanhã, a partir das 4h (de Brasília). A corrida, de 22 voltas, terá início às 9h, com transmissão ao vivo do canal por assinatura “Sportv”.


Confira a programação:

Sexta-feira (06):
4h00 às 5h00: Treino livre 1
8h00 às 9h00: Treino livre 2

Sábado (29):
4h00 às 5h00: Treino livre 3
8h00 às 9h00: Classificação

Domingo (30):
3h45 às 4h05: Warm-up
9h00: Largada (22 voltas)


Relembre o resultado da corrida de 2005:

1) Marco Melandri (ITA/Honda), 22 voltas em 41min44s139
2) Valentino Rossi (ITA/Yamaha)
3) Nicky Hayden (EUA/Honda)
4) Sete Gibernau (ESP/Honda)
5) Carlos Checa (ESP/Ducati)
6) Toni Elias (ESP/Yamaha)
7) Colin Edwards (EUA/Yamaha)
8) Makoto Tamada (JAP/Honda)
9) Alex Barros (BRA/Honda Pons)
10) Shinya Nakano (JAP/Kawasaki)
11) Chris Vermeulen (AUS/Honda Pons)
12) Max Biaggi (ITA/Honda)
13) Olivier Jacque (FRA/Kawasaki)
14) Ruben Xaus (ESP/Yamaha)
15) John Hopkins (EUA/Suzuki)
16) Roberto Rolfo (ITA/Ducati)
17) Franco Battaini (ITA/Blata)
18) James Ellison (ING/Blata)


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br