MotoGP: De volta ao solo Europeu

A competição chega à sua décima terceira rodada no Grande Prêmio Cinzano de San Marino.

Por Roberto Brandão

Roberto Brandão Filho

Após a breve passagem da MotoGP pelos Estados Unidos, os pilotos seguem agora de volta para solo Europeu e entram na décima terceira rodada da competição para o Grande Prêmio Cinzano de San Marino e da Riviera di Rimini.

O retorno para o “quintal” de Valentino Rossi – sua cidade natal, Tavullia, fica apenas 15km de distância – representa a chance ideal para que o líder do campeonato ganhe pontos, após o resultado decepcionante de Indianápolis, e mantenha uma diferença segura para o “empolgado” Jorge Lorenzo na tabela de classificação.

Com sua vantagem de volta para os 25 pontos depois da vitória do espanhol nos EUA e faltando ainda cinco rodadas para o fim do campeonato, Rossi está determinado a dar aos fãs o que eles querem e repetir sua vitória de 2008.

Para Lorenzo, o sonho da conquista do título foi reavivado depois do resultado do fim de semana passado. O espanhol, que vinha de dois abandonos, conseguiu uma ótima vitória e tirou metade da diferença de pontos para o líder. Em 2007, Lorenzo largou na pole e venceu a prova na 250cc em Misano, enquanto no ano passado, foi o segundo colocado na MotoGP.

Na ausência de Casey Stoner na Ducati, que retornará para as pistas em Estoril, a dupla da Fiat Yamaha espera que a principal ameaça venha do piloto da Repsol Honda, Daniel Pedrosa, que está na quarta colocação da tabela, 71 pontos atrás de Rossi e 46 de Lorenzo. Pedrosa foi o melhor nos EUA até cair quando liderava a prova e acabar a corrida na décima posição, mas não tem bons resultados em Misano.

Há uma bela batalha pelo quinto lugar entre o piloto da Monster Yamaha Tech 3, Colin Edwards, e o companheiro de equipe de Pedrosa, Andrea Dovizioso, com o americano apenas três pontos atrás. Misano não é a pista favorita de Edwards e ele sabe que Dovizioso estará desesperado por um bom resultado em solo italiano, por isso está determinado a estragar a festa.

Um piloto que chega à rodada em alta é Alex de Angelis, da San Carlo Honda Gresini, que chega à corrida em sua casa após o merecido primeiro pódio da MotoGP de sua carreira, em Indianápolis. O resultado não poderia ter vindo em melhor hora para o piloto de San Marino, que ainda procura uma equipe para 2010.

Os fãs locais poderão torcer pelos pilotos Loris Capirossi, da Rizla Suzuki, e Marco Melandri, da Hayate Racing, que ocupam o oitavo e nono lugares na tabela de classificação. Enquanto isso, o francês e piloto da LCR Honda, Randy de Puniet, lutará contra a dor em seu calcanhar para tentar ganhar pontos na corrida, já que estará na casa de seu chefe de equipe, Lucio Cecchinello.

Os pilotos da Ducati têm uma difícil tarefa, a de manter os “Ducatistas” felizes na prova em solo italiano, com Nicky Hayden chegando em ótima forma após conseguir seu primeiro pódio para a fábrica italiana em sua corrida caseira, em Indianápolis. Mika Kallio continua temporariamente substituindo Stoner ao lado de Hayden, enquanto o jovem Aleix Espargaró pilotará a moto do finlandês na Pramac Racing.

Os pilotos entram no circuito de Misano a partir de amanhã, para os primeiros treinos livres. No sábado, o grid de largada será definido e no domingo, a corrida acontece às 9hs da manhã e será transmitida pelo canal de TV por assinatura, SporTV2.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br