MotoGP: Apresentação do GP da Argentina

O campeonato Mundial de Motovelocidade voltará a América do Sul em 2013 com a confirmação oficial que o circuito Termas de Río Honda, na província de Santiago del Estero, receberá o Grande Prêmio da República da Argentina até 2015.

O Ministro do Turismo, Enrique Meyer, fez o anúncio oficial na última terça-feira Museu do Bicentenário de Buenos Aires e contou com a presença de várias autoridades nacionais, representantes da Dorna e outros convidados especiais, incluindo o piloto da MotoGP Andrea Dovizioso, o argentino e antigo piloto do Mundial Sebastian Porto, os pilotos profissionais René Zanatta e Orly Terranova, bem como vários pilotos argentinos, como Leandro Mercado, entre outros.

O último grande prêmio na Argentina aconteceu em 1999, enquanto que a MotoGP esteve ausente da América do Sul desde a última etapa brasileira em 2004.

No que parece ser mais inclinação do esporte para longe da Europa, que sofre com problemas financeiros, a rodada argentina será uma das quatro a serem realizadas nas Américas, com a cidade de Austin, no Texas, se juntando ao calendário de 2013 da MotoGP.

Outras nações em expansão batendo na porta da Dorna são a Índia, Singapura e Ucrânia, de modo que o afastamento da Europa junto com os desafios logísticos para o circo da MotoGP parecem destinados a continuar.

A última etapa do campeonato Mundial na Argentina aconteceu em Buenos Aires, em 1999, com as categorias 500cc, 250cc e 125, vencidas respectivamente por Kenny Roberts Jr, Oliver Jacques e Marco Melandri.

O calendário provisório da MotoGP tem 18 etapas, sendo que 12 delas são na Europa.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br