Moto 1000 GP: Lucas Barros vai correr o GP Rio

O Moto 1000 GP, que realiza neste fim de semana (19 e 20/11) a etapa final da temporada 2011, com o GP Petrobras, disputado no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, vai ter no grid um sobrenome de história na motovelocidade: Lucas Barros, filho de Alexandre Barros vai correr na GP Light.

Com apenas 15 anos, Lucas Barros vai ser o piloto mais jovem no grid do Moto 1000 GP, e vai correr pela primeira vez com uma moto de 600cc. O piloto está afastado das pistas há seis meses, recuperando-se de um acidente que sofreu em Interlagos durante um treino.

Lucas Barros, que competiu durante dois anos na Europa, diz que está muito ansioso pela estreia em corridas com uma motocicleta dessa cilindrada. Mas garante que está tranqüilo em relação ao que tem que fazer. "Jamais corri com uma 600cc. Na Europa andei de 80cc e de 125 Pré GP. Vai ser uma novidade”, afirma. O jovem piloto, no entanto, procura manter a tranqüilidade: “Não posso me preocupar se meu pai é um dos organizadores do campeonato. Eu preciso mostrar resultado para mim mesmo. Vou correr com a cabeça, frio. Mais cabeça que coração”.

Além de pensar na estratégia para a corrida de domingo, Lucas Barros também está preocupado com o futuro na motovelocidade e não esconde de ninguém seu objetivo: “Vou avaliar depois, dependendo também do resultado no Rio, mas a ideia é eu fazer a temporada de 2012 na Moto 1000 GP, sempre pensando no meu sonho de disputar o Mundial MotoGP".

Festa dos campeões
A organização do Moto 1000 GP vai promover uma grande festa para homenagear pilotos, equipes e patrocinadores no encerramento da temporada 2011, no domingo (20/11), a partir das 19h, em uma das casas noturnas mais badaladas do Rio de Janeiro, a Nuth, que fica na Barra da Tijuca. Durante confraternização será realizada a premiação oficial dos campeões das três categorias, a BMWS1000RRCup, a GP Light e a GP 1000. Também serão premiados os chefes das equipes campeãs, além de agradecimentos às empresas patrocinadoras e a todos os colaboradores do Moto 1000 GP.

O Moto 1000 GP tem patrocínio de Petrobras, Lubrax e BMW Motorrad, além do apoio de Michelin e Beta Ferramentas; parceria com a W2 Boots e Shoei e parceria técnica de Servitec Dinamômetros, Vaz, Akrapovic, K&N e MRA. As provas da categoria têm transmissão ao vivo pela Record News e pela internet no site oficial do campeonato (www.moto1000gp.com.br) e no portal R7.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br