Melandri pronto para sair da Ducati

Italiano admite que sua situação na equipe italiana já não é das melhores.

Por Adilson

Marco Melandri está pronto para sair da Ducati, caso a equipe italiana ache alguém melhor para substituí-lo.

O italiano vem tendo uma péssima temporada e não vem conseguindo se acertar com a Ducati GP8. Ainda assim não consegue chegar perto de seu companheiro de equipe, Casey Stoner.

E depois de ver que sua situação para o resto da temporada é realmente dramática, Melandri admitiu pela primeira vez que sua permanência na equipe já não estaria nos seus planos ou na da Ducati.

“Meu estilo é o oposto do que a moto exige. Eu sinto que estou andando na chuva mesmo andando no seco”, disse Melandri em uma entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.

“Eu não sei o que vai acontecer no futuro, tenho mais dois anos de contrato e a relação com todos da equipe é muito boa”.

“Acho que temos que ver o que é melhor para ambos. Se as coisas forem más por muito tempo, não será interessante para eles ou para mim continuar”, disse.

Melandri teve a esperança de mudar para uma equipe que seria capaz de dar-lhe o título mundial, mas ao invés disso ele não conseguiu se acertar com a moto para conseguir vitórias.

Entretanto, mesmo com todas essas dificuldades, o italiano não está arrependido de se juntar a Ducati.

“Não tenho do que reclamar”, disse. “Se alguém conseguir fazer melhor, eu estou pronto para aceitar isso. Mas os números estão ao meu lado. Acho que Pedrosa ganhou seis corridas em três anos com uma moto de fábrica, enquanto em ganhei cinco em dois anos em uma equipe satélite”, declarou.

Melandri está convencido que ainda tem o que é preciso para ganhar corridas do mais alto nível e nega as considerações de mudar para a Superbike.

“Não. Se tiver que correr só por correr, eu mudarei de vida. Estou convencido que posso correr muito bem ainda. Aos 36 anos, Carlos Checa voltou a ganhar corridas. Eu tenho apenas 25. Quero correr e vencer, especialmente depois de uma temporada como essa”, concluiu Melandri.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br