Melandri admite chance de ano sabático

Italiano ficou a pé após a decisão da Kawasaki em sair da MotoGP, motivada pela crise econômica.

Por Leandro Alvares

Sem equipe após a decisão da Kawasaki de abandonar a MotoGP, Marco Melandri admitiu nesta semana que está preparado para encarar um ano sabático no motociclismo caso não surja uma compradora para a escuderia verde, que fechou as portas em função da crise financeira global.

“Isso não seria legal, mas parar por um ano não parece ser  um enorme problema”, disse o italiano em entrevista à agência de notícias Reuters. Para ele, uma rápida definição sobre o que acontecerá com o espólio do time japonês é o melhor que pode ocorrer.

“Estou esperando. Torço para ter uma resposta o quanto antes, pois é melhor saber que não correrei agora do que alimentar esperanças e viver de incertezas”, destacou o piloto, que está longe de viver um bom momento na competição.

No ano passado, Melandri amargou um de seus piores anos na MotoGP em razão da nada bem sucedida parceria com a Ducati. A solução encontrada para a falta de resultados foi mudar de ares, o que se concretizou num contrato de dois anos com a Kawasaki.

O pesadelo do italiano, como bem sabemos, só aumentou...


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br