Médico alerta Stoner sobre cirurgia

Para Claudio Costa, uma nova operação no punho do australiano pode ser prejudicial a sua carreira.

Por Leandro Alvares

A decisão de operar o punho no fim do ano pode ser um risco para a carreira de Casey Stoner. A opinião é do doutor Claudio Costa, responsável pela equipe médica da MotoGP.

Em entrevista ao jornal italiano “Gazzetta dello Sport”, o médico alertou o piloto da Ducati para avaliar melhor a idéia de reparar a antiga fratura, especialmente depois da atuação dominante apresentada no GP da Austrália, onde o suposto problema não demonstrou qualquer interferência em seu desempenho.

“Se ele continuar pilotando da forma como correu no domingo, então a cirurgia pode ser um risco, porque o punho é uma região de escasso suprimento de sangue e existe a possibilidade do osso não se regenerar. Seria algo parecido com o que forçou Kevin Schwantz e Doriano Romboni a abandonar as pistas”, disse Costa.

O campeão australiano voltou a sentir neste ano o incômodo de uma antiga fratura no punho. Stoner teria passado por três médicos de diferentes países e todos indicaram que uma intervenção cirúrgica era indispensável para não haver prejuízos em sua vida no esporte.

“Temos que operar, senão pode ser o fim de tudo. Uma pena esse problema ter reaparecido depois de cinco anos, embora isso tenha servido para mostrar que poderia enfrentar algo mais sério no futuro. Portanto, é algo que não pode ser ignorado”, afirmou ele na semana passada.

A princípio, o competidor deixou agendada a operação para logo após seus primeiros testes na pré-temporada com a nova moto da Ducati.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br