Loris Capirossi volta a Suzuki em Assen

Depois de ficar fora da última etapa, italiano quer voltar mesmo não estando 100%.

Por Adilson

Capirossi foi um forçado espectador na última etapa do Mundial de MotoGP em Donington Park, depois de sofrer um acidente na Catalunha, no começo do mês e fraturar a mão.

A contusão ainda não está totalmente curada, mas Capirossi está determinado em voltar a correr esse fim de semana e continuar com o desenvolvimento da Suzuki GSV-R.

Seu substituto na Inglaterra, Ben Spies, também estará com a equipe Suzuki em Assen e no final da temporada retornará a pilotar com o “wild card” nas duas corridas nos Estados Unidos.

“Tenho 100% de certeza que estou apto para correr e não vejo a hora de subir na minha moto novamente”, disse Capirossi.

“Foi muito difícil ficar de espectador na última prova, mas quero dizer que Ben Spies fez um ótimo trabalho no seu primeiro GP. Com certeza foi muito estranho vê-lo trabalhando com o pessoal da equipe e sentando na minha cadeira nos boxes”, brincou o italiano.

“Eu perdi os testes na Catalunha por causa da contusão, mas sei que o Chris (Vermeulen) fez algumas melhoras na moto, então vou precisar de ajuda de todos. Preciso continuar o trabalho que vínhamos fazendo e deixar a moto cada vez melhor. Sei que bons resultados estão perto de acontecer”, declarou.

A próxima etapa do Mundial de MotoGP ocorre no próximo sábado, dia 28 de junho, na Holanda.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br