Lorenzo crava sua bandeira na França

A MotoGP passou este final de semana pelo circuito de Le Mans, na França, e em um horário bom para se assistir uma corrida — 9h horário de Brasília —, o que se viu foi o campeonato embolar de vez, mostrando uma competitividade que não acontecia há muito tempo.

Largando na pole e bem, Daniel Pedrosa assumiu a provisória primeira posição, seguido por Casey Stoner que também possui uma boa saída. Valentino Rossi pulou para a terceira colocação, enquanto seu companheiro, Jorge Lorenzo, ocupava o quarto lugar.

A Ducati de Stoner foi a primeira a apresentar problemas de acerto e o piloto australiano começou a perder posições logo no início. Lorenzo, mesmo largando mal,  ultrapassou todo mundo e com três voltas marcadas, já assumia a ponta, seguido por Rossi, que também deixou a Honda de Pedrosa para trás.

Daí pra frente, pela primeira vez no ano, começamos a ver estratégias em jogo. A pista ainda estava molhada em alguns pontos, permitindo aos pilotos e suas equipes optarem por rodar com pneu seco ou não.

A equipe Yamaha não chamou Lorenzo para os Box, mesmo com os calçados do espanhol se deteriorando a cada volta. Rossi, com outra estratégia, trocou de motocicleta e voltou com pneus secos para o circuito francês, assim como Pedrosa.

O Doutor voltou dos Box e em sua primeira volta caiu. O italiano pegou uma parte ainda úmida de pista e foi ao chão sozinho, complicando seus planos. Pedrosa foi avisado do tombo do octocampeão e começou a girar muito acima do normal, claramente mostrando receio com a pista.

Lorenzo, na ponta, abria vantagem. Quando o Sol já brilhava forte e todos os pilotos já tinham voltado dos Box, era a hora de ver como estava a corrida. Lorenzo continuou na frente,  mostrando que acertou na estratégia. Em segundo apareceu, para a surpresa de todos, Marco Melandri e sua Kawasaki preta. O italiano fazia um ótimo traçado e na volta dos Box, consolidou o segundo posto.

Andrea Dovizioso ocupava a terceira colocação, e desta forma faria seu primeiro pódio na Honda, entretanto seu parceiro de equipe, Pedrosa, não concordou com o fato e na última volta mergulhou por dentro, deixando Dovizioso com  a quarta posição, fechando o pódio.

Casey Stoner, mostrando problemas ao longo da “batalha”, chegou em quinto. Outro australiano, Chris Vermeulen, colocou a Suzuki no sexto lugar. Colin Edwards, que havia dado uma entrevista confirmando pódio na França, começou a andar rápido no fim da prova e após passar seu companheiro, James Toseland, e Loris Capirossi, chegou na sétima colocação. Capirossi e Toseland foram oitavo e nono colocados, respectivamente.

Valentino Rossi recebeu punição por excesso de velocidade na saída dos Box e com a queda de Mika Kallio — único a não completar a corrida — ficou na décima sexta posição.
 
As feras da classe máxima do motociclismo começam seus trabalhos no circuito italiano de Mugello, na sexta-feira, dia 29 de maio.

Resultado em Le Mans:
1) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 47min52s678
2) Marco Melandri (ITA/Hayate Racing), 48min10s388
3) Dani Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 48min12s571
4) Andrea Dovizioso (ITA/Repsol Honda), 48min13s133
5) Casey Stoner (AUS/Ducati Marlboro), 48min23217sec
6) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki), 48min30s140
7) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), 48min32s869
8) Loris Capirossi (ITA/Rizla Suzuki), 48min38s099
9) James Toseland (ING/Yamaha Tech 3), 48min42s985
10) Toni Elias (ESP/Honda Gresini), 48min45s896
11) Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini), 48min46s228
12) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 48min49s325
13) Yuki Takahashi (JAP/Scot Racing), 48min49.366
14) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 49min3s977
15) Niccolo Canepa (ITA/Pramac Racing), 49min8s063
16) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 47min49s916

Classificação:
1) Jorge Lorenzo, 66 pontos
2)Valentino Rossi, 65
3) Casey Stoner, 65
4) Dani Pedrosa, 57
5) Marco Melandri, 43
6) Andrea Dovizioso, 43
7) Colin Edwards, 35
8) Chris Vermeulen, 31
9) Loris Capirossi, 27
10) Randy De Puniet, 26
11) Toni Elias, 21
12) Alex De Angelis, 20
13) James Toseland, 17
14) Mika Kallio, 16
15) Nicky Hayden, 9
16) Sete Gibernau, 8
17) Yuki Takahashi, 8
18) Niccolo Canepa, 3



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br