Lorenzo assume a liderança no Japão

Pedrosa faz ótima corrida, Stoner é só o quarto e Rossi mantém a segunda posição.

Por André Jordão

Quem conseguiu acordar às três horas da manhã (horário de Brasília) para assistir à etapa da MotoGP, no circuito de Motegi, no Japão, viu o garoto de 21 anos, da Yamaha, aprontar para cima de Valentino Rossi e faturar a segunda prova do Mundial.

O “Doutor” largou muito bem e assumiu a ponta com facilidade, Jorge Lorenzo embalado começou a perseguição ao seu companheiro de equipe. Casey Stoner saiu mal, o que não é normal, e caiu para a sétima posição.

Daniel Pedrosa, surpreendendo a todos, dominou o terceiro lugar. Andrea Dovizioso, também da Honda, pressionou Pedrosa pelo lugar no pódio, entretanto não se sustentou e acabou perdendo seu posto para a corrida de recuperação de Stoner, que ficou com a quarta colocação.

Na frente Rossi sofria ataques do recém chegado à classe máxima do motociclismo. Quase na metade da corrida Rossi conseguiu fazer um “X” — manobra de contra-ataque —, para cima do espanhol, na tentativa de manter a ponta. Mas o abusado piloto, que carrega o número 99, partiu para dentro, fez a ultrapassagem e dominou a frente.

O octacampeão mundial da MotoGP ainda teria problemas, pois Pedrosa que vinha muito bem em terceiro, partiu para tentar o segundo posto. Os dois travaram um belo e limpo duelo, mas no fim o piloto da Repsol Honda, se contentou e administrou o último lugar do pódio.

Marco Melandri — o cavaleiro negro —, que corre de preto pela Kawasaki, fez uma excelente corrida e chegou num honroso sexto lugar, com a Hayate Racing. Loris Capirossi levou a Suzuki ao sétimo posto, também em uma boa prova. Já o finlandês, Mika Kallio, parece ter conseguido domar a Ducati satélite, pois faturou um oitavo lugar, andando rápido no circuito japonês.

Não terminaram a corrida os pilotos Yuki Takahashi e Nicky Hayden, ambos abandonaram na primeira volta. Sete Gibernau caiu na volta 14 e também não cruzou a linha de chegada.

A próxima etapa do Mundial de Motovelocidade será realizada na Espanha, no circuito de Jerez de La Frontera, no dia 3 de maio.

Resultado do GP do Japão:
1) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 24 voltas em 43min47s238
2) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), a 1s304
3) Daniel Pedrosa (ESP/Repsol Honda), a 3s763
4) Casey Stoner (AUS/Ducati), a 5s691
5) Andrea Dovizioso (ITA/Repsol Honda), a 9s207
6) Marco Melandri (ITA/Hayate Racing), a 30s555
7) Loris Capirossi (ITA/Rizla Suzuki), a 32s756
8) Mika Kallio (FIN/Pramac Racing), a 39s416
9) James Toseland (ING/Yamaha Tech 3), a 43s106
10) Chris Vermeulen (AUS/Rizla Suzuki), a 43s245
11) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), a 44s834
12) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), a 46s540
13) Alex de Angelis (RSM/Honda Gresini), a 53s525
14) Niccolo Canepa (ITA/Pramac Racing), a 1min21s804
15) Toni Elias (ESP/Honda Gresini), a 1 volta

Classificação:
1) Jorge Lorenzo, 41 pontos
2) Valentino Rossi, 40
3) Casey Stoner, 38
4) Andrea Dovizioso, 22
5) Dani Pedrosa, 21
6) Colin Edwards, 17
7) Mika Kallio, 16
8) Chris Vermeulen, 15
9) Alex De Angelis, 13
10) Marco Melandri, 12
11) Randy De Puniet, 11
12) Loris Capirossi, 9
13) Toni Elias, 8
14) James Toseland, 7
15) Nicky Hayden, 4
16) Sete Gibernau, 3
17) Niccolo Canepa, 2
18) Yuki Takahashi, 1


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br