Lorenzo adiciona Brno à sua lista de vitórias

O líder do campeonato marcou a 7ª vitória de 2010 e dilatou sua vantagem para 77 pontos.

Por Roberto Brandão

A fenomenal forma de Jorge Lorenzo continuou durante o GP da República Tcheca, que aconteceu neste domingo, e o piloto da Fiat Yamaha ganhou a sétima corrida do ano. A etapa converteu-se em mais 25 pontos para o espanhol, que manteve o recorde de terminar entre os dois primeiros em todas as corridas até ao momento.

O sol brilhou e os 148.000 espectadores no circuito de Brno viram uma batalha animada entre Lorenzo e Daniel Pedrosa (Repsol Honda) logo de início pela liderança.

Dois pilotos caíram nos momentos iniciais da corrida, Loris Capirossi (Rizla Suzuki) e Andrea Dovizioso (Repsol Honda) a foram ao chão nas primeiras três voltas, com o último conseguindo evitar colisões com várias motos enquanto estava no meio da pista na saída da Curva 9. O italiano voltou à corrida, mas foi obrigado a desistir pouco depois.

Lorenzo e Pedrosa assinaram a volta mais rápida nos momentos iniciais da corrida enquanto estabeleciam o ritmo, mas o líder do campeonato começou isolar-se, com a dupla bem à frente de Casey Stoner (Ducati Marlboro), em terceiro lugar. Mika Kallio (Pramac Ducati) foi outra vítima do azar, voltando a cair.

Os pilotos começaram a ficar mais separados com assim que final da corrida ia se aproximando e Lorenzo cruzou a linha de chegada 5s494 na frente de Pedrosa, aumentando a vantagem na luta pelo título de 2010 sobre o compatriota para 77 pontos. O piloto da Repsol Honda viu Stoner terminar atrás de si no pódio, mas a quase seis segundos de distância.

Ben Spies (Monster Yamaha Tech 3) foi quarto depois de largar da segunda colocação. O norte americano fez uma corrida muito positiva e bateu Valentino Rossi (Fiat Yamaha) por pouco mais de quatro segundos. A dupla norte americana Nicky Hayden (Ducati Team) e Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) terminaram na sexta e sétima posições, respectivamente, com Marco Melandri (San Carlo Honda Gresini Team), Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar) e Randy de Puniet (LCR Honda) a completando os dez melhores.

Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) deu por terminado fim-de-semana frustrante com despiste na última curva da última volta, isto depois de ter passado Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team), que foi 11º.

Resultados:
1) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 43min22s638
2) Dani Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 43min28s132
3) Casey Stoner (AUS/Ducati Marlboro), 43min34s064
4) Ben Spies (EUA/Yamaha Tech 3), 43min36s361
5) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 43min40s568
6) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 43min49s453
7) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), 43min56s034
8) Marco Melandri (ITA/Honda Gresini), 44min2s044
9) Hector Barbera (ESP/Paginas Amarillas), 44min2s277
10) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 44min3s531
11) Marco Simoncelli (ITA/Honda Gresini), 44min4s670
12) Aleix Espargaro (ESP/Pramac Racing), 44min9s729
13) Alex de Angelis (RSM/Interwetten Honda), 44min14s006

Classificação Geral:

1) Jorge Lorenzo, 235 pontos
2) Daniel Pedrosa, 158
3) Casey Stoner, 119
4) Andrea Dovizioso, 115
5) Valentino Rossi, 101
6) Nicky Hayden, 99
7) Ben Spies, 90
8) Randy De Puniet, 75
9) Marco Melandri, 61
10) Colin Edwards, 57
11) Marco Simoncelli, 54
12) Hector Babera, 48
13) Loris Capirossi, 36
14) Aleix Espargaro, 32
15) Mika Kallio, 31
16) Alvaro Bautista, 25
17) Hiroshi Aoyama, 18
18) Alex De Angelis, 11
19) Roger Lee Hayden, 5
20) Kousuke Akiyoshi, 4
21) Wataru Yoshikawa, 1


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br