Líderes da MotoGP prevêem longa batalha em 2008

Rossi, Pedrosa, Stoner e Lorenzo apostam em equilíbrio na luta pelo título.

Por Adilson

Os líderes da MotoGP estão prevendo uma longa batalha pelo título de 2008. Com a vitória de Valentino Rossi na China, a categoria concluiu as quatro primeiras etapas do ano com quatro vencedores diferentes.

O piloto da Fiat Yamaha dominou a corrida em Xangai e conseguiu sua primeira vitória desde Portugal em 2007, o que o trouxe de volta na luta pela taça de campeão.

E com Casey Stoner, Daniel Pedrosa e Jorge Lorenzo que também já venceram esse ano, os pilotos concordam que a batalha está totalmente aberta.

“Acho que esse campeonato está muito interessante”, disse Rossi. “Agora temos uma vitória cada um, e quatro excelentes pilotos em alto nível, com três diferentes motos e duas marcas de pneus distintos”.

“Lorenzo, com suas lesões, ainda chegou em quarto, então será um longo ano. Temos que trabalhar dia após dia, degrau por degrau. Toda corrida tem uma história diferente, mas agora obtivemos esse ótimo resultado na China e estamos muito felizes”, destacou o italiano.

Pedrosa, que permaneceu na liderança do certame após chegar em segundo em Xangai, acrescentou: “Temos um longo caminho pela frente, mas é importante estar na liderança e estamos muito contentes com isso”.

O atual campeão mundial, Casey Stoner, apesar de não ter tido uma boa seqüência essa temporada, está confiante para o resto do ano.

“Estamos distantes do que esperávamos, e há duas corridas nada parecia dar certo. Tivemos vários problemas e quando pensávamos algo para a corrida acontecia totalmente o oposto”, declarou o australiano.

“Tem sido um ano difícil até agora, mas estamos trabalhando duro para voltar ao topo e esperamos fazer com que isso aconteça”, declarou.

Com a vitória de Rossi na China, encerraram-se as dúvidas sobre as dificuldades de adaptação dos pneus Bridgestone com sua Yamaha. Ele está bem confiante para a próxima etapa em Le Mans, na França.

“É uma pista totalmente diferente de Xangai, mas normalmente a Yamaha é muito rápida em Le Mans. É bem frio lá também e às vezes chove, então as condições do tempo nem sempre ajudam, mas estamos prontos para fazer outra boa corrida”, finalizou o “Doutor”.

A quinta etapa da MotoGP será disputada dia 18 de maio.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br