Lesão tira Hayden da etapa checa

Americano machucou o tornozelo direito em prova de Supermoto no X Games de Los Angeles.

Por Leandro Alvares

Em vez de descansar durante as férias da MotoGP, Nicky Hayden resolveu participar de uma corrida de Supermoto no X Games de Los Angeles. A opção, porém, não foi das mais felizes, já que o ex-campeão acabou machucando o tornozelo direito após um salto mal concluído e agora vai ficar de fora do GP da República Checa, agendado para o fim de semana.

“Os médicos disseram que se eu forçar muito a região machucada, poderei ter problemas maiores no futuro. Caso eu corra no domingo, talvez tenha que lutar contra essa lesão pelo resto do ano”, afirmou o norte-americano da Repsol Honda.

“É uma decisão difícil, mas necessária. Ficarei em casa nas próximas semanas fazendo fisioterapia para retornar às pistas em Misano e em plena forma”, acrescentou o piloto, referindo-se ao GP de San Marino, marcado para o dia 31 de agosto.

“Peço desculpas à minha equipe, embora ela tenha me liberado para correr de Supermoto. Quis apenas me divertir, pensei que isso poderia fazer bem para mim no restante do campeonato. Infelizmente as coisas não foram desse jeito”, lamentou o estadunidense.

Não se sabe ainda se a Repsol Honda correrá apenas com Daniel Pedrosa — que volta a competir após a ausência no GP dos EUA, motivada por lesão — na etapa de Brno ou se acionará um de seus pilotos de testes.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br