John Hopkins quer pódio no seu 100° GP

Americano, que subiu no pódio pela 1ª vez em Xangai ano passado, pretende repetir o feito.

Por Adilson

John Hopkins subiu pela primeira vez no pódio exatamente há um ano em Xangai, como piloto da Suzuki, e agora tem mais esperanças ainda em refazer tal feito com a Kawasaki, especialmente depois de conseguir seu melhor resultado pela equipe em Estoril; um quinto lugar.

“Tem sido muito bom essas duas semanas em casa na Califórnia”, disse Hopkins, cuja carreira na MotoGP começou em 2002, pela Yamaha, quando as motos da categoria ainda eram de 500cc.

“Trabalhei bastante na minha casa e fiz muitas coisas fora do motociclismo, então estou me sentindo bastante relaxado. Estou confiante para a próxima etapa na China, pois conseguimos um bom resultado em Portugal e fizemos excelentes testes lá também”.

“Os pneus Bridgestone estão funcionando muito bem, como a moto, e estou bastante animado para conseguir os resultados almejados. Ano passado em Xangai foi onde eu consegui meu primeiro pódio e espero poder repetir o feito pela Kawasaki”, declarou.

Enquanto isso, seu companheiro de equipe, Anthony West, descansa dos cansativos treinos que fez na América. Ele está determinado em melhorar seus resultados e se sente otimista para o fim de semana.

“Desde a última corrida em Estoril, passei todo o tempo nos EUA treinando, o que foi bem diferente do que estou acostumado a fazer”, explicou australiano. “Mas gostei de quebrar minha rotina e isso foi muito proveitoso. A próxima etapa em Xangai deverá ser melhor para o equipamento, pois as curvas são velozes comparando com as que corremos até agora. Estou confiante por bons resultados e lutarei forte para consegui-los”, avisou.

A quarta etapa do Mundial será disputada neste fim de semana, na madrugada de sábado para domingo.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br